Cantora morta em Minas Gerais dividiu palco com Maiara e Maraisa e fez sucesso com clipe no YouTube

O clipe da música "Desacelera", lançado por Lívvia Bicalho em 2017, tem mais de 500 mil visualizações

Livvia Bicalho em seu clipe de maior sucesso no youtube
Legenda: "Desacelera" foi gravada com o produtor musical Blener Maycom, que trabalha com outros artistas sertanejos, como Felipe Araújo e Naiara Azevedo
Foto: Reprodução

A cantora e influenciadora digital Lívvia Bicalhomorta com um tiro na cabeça, em João Monlevade, em Minas Gerais, dividiu palco com Maiara e Maraisa no ano de 2019. Na ocasião, o cantor Lucas Lucco também participou do evento. A festa, uma cavalgada, aconteceu na mesma cidade onde ela foi encontrada sem vida.

Nas redes sociais, Lívvia compartilhou uma foto ao lado da dupla. "Mais um trabalho realizado", celebrou na época.

Livvia era conhecida na região. O clipe da música "Desacelera", lançado no ano de 2017, soma atualmente mais de 500 mil visualizações no YouTube.

livvia e maiara e maraisa
Legenda: A cantora compartilhou imagem do encontro com Maiara e Maraisa nas redes sociais; elas dividiram palco durante evento em Minas Gerais
Foto: Reprodução

"Desacelera" foi gravada com o produtor musical Blener Maycom, que trabalha com outros artistas sertanejos, como Felipe Araújo e Naiara Azevedo. Blener comentou na imagem mais recente que Lívvia publicou no Instagram, três dias atrás, lamentando a morte.

Nos streamings, a última música lançada por ela é "Viralizou", de 2019, que mistura arrocha e brega funk e tem feat do cantor Zannynho.

A partir daí, Lívvia Bicalho decidiu priorizar o trabalho nas redes sociais, realizando consultoria em marketing digital e acumulando milhares de seguidores como influenciadora.

Veja o clipe de 'Desacelera':

Influenciadora

Nas redes sociais, Lívvia Bicalho compartilhou que foi eleita a melhor digital influencer em uma premiação local por dois anos consecutivos: 2019 e 2020. "Únicas palavras. Gratidão Deus", legendou.

Nas publicações, ela compartilha dicas de moda e estilo de vida.

Entenda o caso

Lívvia Bicalho, de 37 anos, foi encontrada morta com o namorado nesta quarta-feira (21). De acordo com testemunhas, o fato teria acontecido por volta das 13h.

Rafael Ribeiro, de 39 anos, teria tirado a própria vida após matá-la, segundo a Polícia Militar (PM) mineira. Testemunhas relataram que ouviram o casal brigar antes do barulho de tiros. 

A influenciadora digital mineira deixa dois filhos: Davi, de 9 anos e Júlia, de 19. Ela trabalhava na música, além de manter seu Instagram com mais de 90,7 mil seguidores, onde dava dicas de Marketing Digital. 

Investigação

Em nota, a Polícia Civil informa que os corpos passarão por exames no Posto Médico Legal do município. A corporação afirmou que a confirmação do feminicídio seguido de suicídio será confirmada durante as investigações.

Repercussão

Nas publicações mais recentes de Livvia no Instagram, muitos seguidores se manifestaram após a confirmação do óbito. "Sem acreditar ainda", escreveu um seguidor. Outro contou que esteve em um show de Livvia: "Impressionante o carisma, a postura e presença diante do palco e o carinho com o público", escreveu.

Quero receber conteúdos exclusivos do É Hit