É possível que tenha um mandante, diz Bolsonaro sobre morte de Marielle

Presidente diz estar interessado em saber quem mandou matar a vereadora do PSOL