Bombeiros encontram corpos de pai e filha desaparecidos após deslizamento no Grande Recife

Osvaldo e Isabeli foram encontrados abraçados no sofá da casa onde moravam sob os escombros gerados pelo deslizamento de terra

Esta é uma imagem da familia cuja casa foi atingida por deslizamento de terra na Grande Recife
Legenda: Casa de família é atingida por deslizamento de terra
Foto: Acervo da família/Reprodução

Os corpos de pai e filha que estavam desaparecidos após deslizamento de uma barreira em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, foram encontrados abraçados sob os vestígios do deslizamento. Osvaldo Pessoa de Siqueira, de 38 anos, e a Isabeli Pessoa, 11, foram encontrados no sofá da casa onde moravam sob os escombros do acidente. As informações são do Uol.

As buscas estavam sendo realizadas pelo Corpo de Bombeiros desde a noite da última quinta-feira (13). Contudo, a quantidade de lama e chuva ininterrupta estavam dificultando o trabalho das equipes, que seguiu até este sábado (15). 

Os bombeiros já haviam encontrado os corpos da esposa de Osvaldo, Sílvia Regina, 36, e do filho mais velho do casal, Otávio Pessoa, 16. 

Angústia de família e amigos 

Os vizinhos e os parentes da família lamentaram a tragédia e cobraram o poder público para que fossem tomadas medidas para reduzir os riscos de acidentes semelhantes durante o período de chuvas na região. 

Ao portal Uol, Mirian Silva, irmã de Silvia Regina, disse que foi uma "perda irreparável". 

Ela confessou que, por mais difícil que fosse, ainda mantinha esperanças de que os bombeiros encontrassem a irmã e a sobrinha com vida. 

Resposta da Prefeitura

Em nota ao Uol, a Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes lamentou o caso, classificado como "fatalidade" e disse estar providenciando todo o apoio necessário aos familiares das vítimas. 

Além disso, a Prefeitura afirmou já ter investido "mais de R$ 13 milhões em obras estruturadoras nas encostas, com a construção de 103 muros e instalação de mais de 20 mil metros quadrados de proteção" no bairro do Cavaleiro, onde ocorreu o deslizamento. 

A gestão municipal ainda afirmou que irá construir um muro de contenção no local do acidente para "evitar que novos deslizamentos ocorram no futuro".