Chuvas em Recife causam inundações em casas e vias; Inmet emite alerta vermelho

Apac também emitiu alerta de que as precipitações poderiam ultrapassar os 150 mm

Via alagada em Olinda, Pernambuco, por causa da chuva
Legenda: Água chegou a inundar várias vias de municípios do estado pernambucano
Foto: reprodução/TV Globo

O segundo dia de chuvas fortes em Pernambuco causou prejuízos a moradores do Grande Recife. A água invadiu casas e deixou várias vias intransitáveis nesta sexta-feira (14).  O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, no começo da noite dessa quinta (13), alerta vermelho para municípios do estado pernambucano, da Paraíba e do Rio Grande do Norte, 

Conforme o Inmet, há grande risco de grandes alagamentos, transbordamentos de rios e deslizamentos de encostas em áreas de risco até o fim desta sexta. A Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac) chegou, também nessa quinta, a emitir alerta sobre chuvas intensas, que poderiam ultrapassar 150 milímetros (mm).

Prejuízos

Conforme o portal G1, uma barreira desabou sobre uma casa nessa quinta em Jaboatão dos Guararapes, deixando ao menos um adolescente morto. Dois adultos e uma criança foram dados como desaparecidos pelo Corpo de Bombeiros. O município teve chuva de 195 milímetros (mm) em 24 horas.

Já no bairro Ipsep, na Zona Sul de Recife, algumas ruas ficaram alagadas, com água invadindo residências. Na Avenida Recife, um caminhão e um carro ficaram parados em meio à água, que chegou à altura da cintura de pessoas que tentaram atravessar o local.

Moradores de Olinda também sofreram com o problema: residente de Casa Caiada relataram não poder sair dos edifícios em que vivem.

Alerta de chuvas fortes

A Coordenadoria e Defesa Civil de Pernambuco (Codcipe) alertou, na tarde dessa quinta, que a população evitasse sair de casa em razão das chuvas. Segundo o coordenador do órgão disse ao G1 Pernambuco, major George Vitoriano, haveria uma maré de 2,2 metros, e as pessoas deveriam ter cuidado com áreas de córregos e canais.

Balanço da Apac realizado às 6h50 aponta que, em 24 horas, houve chuva de 252,30 mm em Paulista. Em Recife, o volume acumulado foi de 200,62 mm, na região de Imbiribeira, enquanto ficou na marca de 197,16 mm em Ibura.