Estudante de enfermagem troca mensagens com suspeito de seu assassinato antes de desaparecer

Corpo da jovem de 19 anos foi encontrado hoje (25) depois de cinco dias desde o seu desaparecimento

Legenda: O corpo de Lorrany Fernandes, de 19 anos, foi encontrado hoje (25)
Foto: Reprodução.

O corpo da estudante de enfermagem Lorrany Fernandes, de 19 anos, foi encontrado nesta terça-feira (25) em uma região de mata em Rio Grande da Serra, em São Paulo, segundo o UOL. Além disso, a jovem chegou a trocar mensagens com o suspeito do crime antes de desaparecer, apontam as informações do Portal R7.

O ex-namorado da vítima, identificado como Antônio, é o principal suspeito de envolvimento no desaparecimento e assassinato da jovem. O homem foi detido após a polícia encontrar o corpo de Lorrany. 

O caso está sendo investigado pelo setor de Homicídios da Delegacia de Santo André, que tem recebido depoimentos para compreender o crime. 

“Espero a Justiça. Quem é mãe e já perdeu ente querido sabe que a gente está preparado para enterrar alguém que morreu de morte natural. Mas ninguém está preparado para enterrar como vou enterrar minha família."
Nivea
Mãe de Lorrany

DESAPARECIMENTO DA JOVEM

A jovem estava desaparecida desde a noite de quinta-feira (20), em Ribeirão Pires, e comprovação da descoberta do corpo ocorreu depois da perícia confirmar que as digitais da vítima são as mesmas de Lorrany.

De acordo com o UOL, Lorrany saiu de casa sem deixar muitas informações aos familiares ou mesmo avisar que ia sair. O encontro dela com o suspeito foi registrado pelas câmeras de segurança na quinta, quando ela subiu como passageira em uma moto vermelha.

Um vizinho dela, que possui uma moto semelhante e conhecia Lorrany, prestou depoimento na tarde de ontem (24). O homem admitiu ter dado carona, detalhando que os dois tiveram um relacionamento amoroso e que a namorada dele possuía um atrito com Lorrany.

INVESTIGAÇÕES DO CASO

Até o momento, homem tem sido tratado ainda como averiguado e não como suspeito. No entanto, levanta suspeitas em razão das contradições de seu depoimento, já que chegou a dizer que seu celular apresentou problema, quando estava no concerto. 

Além disso, ainda segundo o UOL, a polícia descobriu que o aparelho foi formatado recentemente. Um detalhe que pode impactar na investigação são alguns arranhões em seu braço, que pode indicar uma luta recente.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil

Assuntos Relacionados