Escritor e jornalista Artur Xexéo morre aos 69 anos

A morte foi confirmada neste domingo (27)

Xexeo sorrindo
Legenda: O jornalista lutava contra um linfoma
Foto: Divulgação

O jornalista e escritor Artur Xexéo, de 69 anos, morreu em decorrência de um linfoma. A morte foi confirmada neste domingo (27). As informações são do colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo. 

Nos 40 anos de carreira, Xexéo passou pelas redações do Jornal do Brasil, do Globo e das revistas Veja e IstoÉ. Atualmente, atuava como comentarista da Globo News e era colunista do O Globo.

Ele é autor das biografias "Janete Clair: A usineira de sonhos", de Hebe Camargo e do livro de crônicas "O torcedor acidental". 

Xexéo também escreveu o musical "Nós sempre teremos Paris e Cartola: O mundo é um moinho", além de ter sido roteirista dos seriados de TV "Pé na cova" e "Sexo e as Negas", da Rede Globo. 

Homenagens

Nas redes sociais, amigos, colegas de trabalho e admiradores lamentaram a perda do profissional. Veja algumas repercussões: 

Print
Foto: Reprodução / Twitter

Print
Foto: Reprodução / Twitter

Print
Foto: Reprodução Twitter

Print
Foto: Reprodução Twitter

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil

Assuntos Relacionados