Anvisa autoriza, e testes em humanos da vacina ButanVac começam nesta sexta-feira (9)

Voluntários receberão vacina produzida pelo Instituto Butantan

embalagem da vacina butanvac
Legenda: Segundo o Butantan, a ButanVac será aplicada em duas doses
Foto: Divulgação/Governo de SP

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, nesta quarta-feira (7), que comece a vacinação de voluntários que integram o estudo clínico da vacina ButanVac, produzida pelo Instituto Butantan.

A decisão foi tomada após reunião entre os técnicos da Anvisa e o Butantan. Segundo informações da Anvisa, a equipe técnica "considerou os dados suficientes para que o estudo seja realizado". 

O início dos testes tinha sido autorizado pela Agência em junho, mas faltava a entrega de informações complementares sobre estudos que seguiam em andamento sobre a vacina.

Segundo o Butantan, com o aval da Anvisa, a fase 1 dos ensaios clínicos começa nesta sexta-feira (9). Um grupo de voluntários será vacinado no Hemocentro de Ribeirão Preto (SP). O local é um centro de pesquisa vinculado à Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP).

A pesquisa clínica de fase 1 e 2 da ButanVac está dividida em três etapas: A, B e C. Inicialmente, está autorizada a etapa A, que conta com 418 voluntários. No total, as duas fases da pesquisa clínica envolverão 6 mil voluntários adultos.

ButanVac

A ButanVac deve ser aplicada com duas doses. O intervalo entre elas será de 28 dias.

O estudo deve ser realizado no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) e no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP).

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil