Vacina contra a Covid da Pfizer/BioNTech é segura para crianças de 5 a 11 anos, dizem laboratórios

Os dados foram obtidos em testes de fases 2 e 3 que estavam sendo conduzidos simultaneamente pelas empresas

vacina Pfizer/BioNTech contra a Covid-19
Legenda: A quantidade de imunizante usado na faixa etária é cerca de três vezes menor que a administrada no grupo a partir dos 12 anos
Foto: AFP

A vacina da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19 é "segura" e "tolerada" por crianças de 5 a 11 anos, nas quais a dose adaptada gera uma resposta imunológica "robusta", segundo os resultados de um estudo anunciado nesta segunda-feira (20) pelos dois laboratórios.

Os dados foram obtidos em testes de fases 2 e 3 que estavam sendo conduzidos simultaneamente pelas empresas, conforme o portal G1

As vacinas administradas neste grupo contêm uma quantidade menor: duas doses de 10 µg (microgramas) administradas com 21 dias de intervalo. Nos adolescentes a partir dos 12 anos, a dose era de 30 µg.

Os testes geram uma reação comparável à observada nos pacientes entre 16 e 25 anos, disse a Pfizer.

"As respostas de anticorpos nos participantes que receberam doses de 10 µg foram comparáveis as registradas em um estudo anterior da Pfizer-BioNTech em pessoas de 16 a 25 anos imunizadas com doses de 30 µg", detalhou

No comunicado, as empresas anunciam que enviarão os dados às autoridades "o mais rápido possível".