Umidade favorece aparecimento do mofo

Entenda como acabar com o bolor em móveis e paredes e preservar a sua saúde e de sua família.

eliminar mofo
Legenda: Vale investir em tintas antimofo que tenham ação antifúngica para revestir as paredes.
Foto: Banco de imagens

Ambientes úmidos, como escadas, pias e banheiros, são ideais para a formação do mofo, composto por colônias de fungos. Esses microrganismos gostam de locais com temperaturas mais baixas e que fiquem muito tempo fechados, sem a circulação de ar constante.

O problema maior é que além de estragar móveis e pinturas, o mofo faz mal à saúde, principalmente para aqueles que já possuem algumas enfermidades respiratórias, como rinite, sinusite, bronquite e asma. Pela inalação do ar contaminado, os fungos penetram  pelas vias respiratórias no corpo humano e encontram condições favoráveis para continuar se desenvolvendo, o que pode desencadear processos alérgicos – às vezes de complicado tratamento.

Por isso, manter os ambientes bem cuidados e sem mofo – tambem conhecido por bolor – é um procedimento vital para sua saúde e de sua família. Conheça algumas dicas de especialistaspara manter a pintura e a decoração impecáveis, além de bem cuidadas:

1. Faça o ar circular
É regra geral que o ar precisa circular bem no ambiente para acabar com a umidade. Em um mundo perfeito, seria ótimo se o sol também conseguisse entrar plenamente nesse espaço. Então, sempre que for possível, abra as janelas e deixe o ar e o sol entrarem.

Também é importante observar o posicionamento dos móveis. Dê preferência para encostar armários e móveis nas paredes que pegam sol.

parede mofada
Legenda: Vazamentos, tubulações danificadas e problemas estruturais mais complexos também podem causar bolor.
Foto: Banco de imagens

2. Receitas caseiras
Misture 200ml de vinagre com uma colher de bicarbonato. Coloque essa solução em um borrifador e aplique-a nos objetos mofados. Deixe agir por cerca de 10 minutos e seque com um pano limpo.

3. Água sanitária
Em  primeiro lugar, remova  mofo que já se instalou com um pano úmido. Misture 50 ml de água sanitária com 1 litro de água, molhe o pano na solução, passe na área afetada e deixe secar naturalmente.

Para esse procedimento, use sempre luvas para proteger suas mãos e esteja certo de que a superfície a ser limpa suporta a ação do cloro.

4. Produtos certos
Para retirar a umidade de dentro dos armários e roupeiros, utilize saquinhos que sugam a umidade. Você pode colocar pequenos pedaços de giz dentro de um pedacinho de tecido fino e deixar nas gavetas e armários. Não tem cheiro e irá manter tudo sequinho.

Pacotinhos de sílica, que vêm em caixas de sapato, também são feitos para sugar umidade de locais pequenos. Outra boa opção, com o mesmo objetivo, são potinhos com carvão, igualmente absorventes. No entanto, esse último é mais indicado para armários de cozinhas e banheiros.

5. Tinta antimofo
Além desses cuidados, vale investir em tintas antimofo que tenham ação antifúngica para revestir as paredes. Esses produtos contêm propriedades antimicrobianas e substâncias que oferecem proteção extra para qualquer superfície pintada, impedindo a proliferação do mofo.

No entanto, se o problema com o bolor persistir mesmo após todas essas dicas, é preciso verificar a fundo a origem dessa umidade para tentar descobrir a causa, como vazamentos, tubulações danificadas e problemas estruturais mais complexos que precisarão de reparos profissionais.