Com desfalques, o Ceará vence

Confira a coluna desta terça-feira (1º) do comentarista Wilton Bezerra

Zé Roberto comemora gol pelo Ceará
Legenda: O atacante Zé Roberto estreou pelo Ceará com gol pela Copa do Nordeste
Foto: Israel Simonton / CSC

Os problemas que Sergipe e Ceará tiveram para ir a campo desaguaram na qualidade do futebol jogado.

O Alvinegro bem que poderia ter conquistado uma vitória tranquila, logo no início da partida.

Cléber perdeu chance debaixo do gol, redimiu-se ao aproveitar lambança do goleiro Gabriel e colocou a bola nos pés de Zé Roberto para que este marcasse o único gol da peleja.

O mesmo Zé Roberto jogou uma penalidade na trave e depois disso o jogo ficou feio.

25 faltas, somente no primeiro tempo, passes errados e falta de imaginação nortearam a disputa.

Segundo tempo na mesma linha, embora o Sergipe tenha se animado um pouco, para cair, depois, em sua inoperância ofensiva.

Iuri Castilho entrou no segundo e teve duas oportunidades para ampliar o placar.

Não deu para extrair bons desempenhos individuais, nem fazer observações mais seguras das novas caras do alvinegro.

Mas, dá prá dizer que o Ceará foi melhor no jogo.