Comércio de Fortaleza manterá horários de funcionamento, informa CDL

CDL Fortaleza se manifesta após entidade comercial paulista pedir redução da carga horária

Legenda: Comércio de Fortaleza seguirá horários previstos em decreto
Foto: Fabiane de Paula

Após virem à tona informações sobre demandas por redução no horário de funcionamento do comércio de São Paulo por conta do aumento de casos de Covid-19 e influenza entre funcionários, a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Fortaleza garante que medida semelhante não será tomada na capital cearense.

Em nota, a entidade esclarece que o comércio seguirá as determinações dos decretos estaduais definidos pelo Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus e aponta que, "no momento, não há nenhuma sinalização sobre mudanças no funcionamento do comércio de rua ou dos shopping centers".

As regras atuais permitem a abertura de lojas de rua das 8h às 22h. Já as lojas de shoppings funcionam de 10h às 22h.

O presidente da CDL Fortaleza, Assis Cavalcante, ressalta que as ações implementadas anteriormente pelos governos municipal e estadual deram a Fortaleza e ao Estado do Ceará um maior controle da pandemia e que, por isso, a rede pública de saúde e o setor produtivo estão mais preparados do que em outras unidades na federação.

Em São Paulo, a Ablos, associação que representa lojistas satélites, chegou a apresentar pedido para reduzir a carga horária em lojas de shoppings por dificuldades em fechar escalas de trabalho ante a quantidade elevada de funcionários contaminados.



Assuntos Relacionados