No Vaticano, bispo da Diocese do Crato faz selfie com Papa Francisco

A visita ad Limina Apostolorum significa visitar os túmulos dos apóstolos Pedro e Paulo, uma obrigação dos bispos já que são sucessores dos apóstolos

Selfie de Dom Magnus Henrique Lopes com o Papa Francisco
Legenda: Selfie de Dom Magnus Henrique Lopes com o Papa Francisco
Foto: Divulgação

O Papa Francisco recebeu nesta quinta-feira (12) no Vaticano os bispos do Ceará. Dom Magnus Henrique Lopes, da Diocese do Crato, aproveitou a oportunidade e fez um selfie com o pontífice. Simpático, Francisco sorri com a tietagem do bispo.

Dom Magnus foi ao Vaticano de caravana. A visita do bispado à Santa Sé é obrigatória. Deve ser realizada a cada 5 anos, mas sofreu atrasos por causa da pandemia. No caso do Brasil, são tantos bispos, que eles são divididos em grupos. 

A visita ad Limina Apostolorum significa visitar os túmulos dos apóstolos Pedro e Paulo, uma obrigação dos bispos já que são sucessores dos apóstolos. Nessa oportunidade, eles conhecem basílicas (como a de São Pedro e de Santa Maria Maior) e a burocracia vaticana, os chamados discatérios, departamentos e secretarias que movimentam a Igreja Católica.

Dom Magnus Henrique Lopes e Papa Francisco
Legenda: Dom Magnus Henrique Lopes e Papa Francisco
Foto: Divulgação

Não foi informado o que Papa Francisco e Dom Magnus conversaram. Sendo representante do Cariri, terra do Padre Cícero e da Beata Benigna, certamente sobraria assunto para conversar com o Papa, mas Dom Magnus estava acompanhado dos outros bispos. O tempo de prosa com o papa deve ter sido pouco, mas o bastante para uma selfie. De milhões, é claro, como bem disse a própria assessoria do bispo ao divulgar o autorretrato.