Taty Girl fala sobre sonho em ser 'noiva' no São João e aumento de cachê da banda em junho

Cantora soma 35 shows no período junino

Legenda: Cantora falou ainda sobre os cuidados com a voz no São João
Foto: Clécio Rodrigues/SVM

Em entrevista nos bastidores do São João de Maracanaú, na noite de sexta-feira (1º), a coluna conversou com Taty Girl sobre a importância do período junino na agenda dos forrozeiros. Com 35 shows programados, a cantora falou sobre os cuidados com a voz e relembrou o desejo de ser noiva na época em que dançava nas quadrilhas quando adolescente. 

"Fui uma vez rainha do milho. Cara, eu sempre quis ser noiva, mas nunca ninguém me chamou para ser noiva. Também, os noivos não eram tanta belezura assim não", comentou Taty Girl. 

Assista à entrevista:

Taty Girl ainda falou sobre os cuidados com a voz antes e depois dos shows. Ela descobriu nódulos na garganta em março deste ano. Desde então, vem levando uma rotina diferente da habitual nas apresentações.

"Tenho que ficar fazendo pulsão. Nesses últimos meses, não tive tempo de fazer a pulsão. O nódulo já cresceu novamente e ele já tá me dando um pouco de asfixia nos shows", explicou forrozeira. 

Taty paga banda dobrado no São João

Com mais de 30 shows no período junino, Taty Girl e os membros da banda dela irão levar um mês de muita correria em rodoviais e aeroportos.

Com o trabalho pesado, a forrozeira é um dos nomes da música que dobra o cachê da equipe durante o São João. 

"A gente honra muito quem trabalha com a gente. São muito bem pagos. Obviamente que a gente dobra, sim, os salários deles, merecem. São pessoas que estão com a gente, são nossa família. Não é só no São João, é Carnaval, é final de ano. Aqui a gente valoriza mesmo. Só sai daqui quem quer", comentou a forrozeira.