Sertanejos vivem nova crise de cancelamento de shows por Covid-19 em 2022

Em média, cantores já cancelaram ou adiaram três shows em janeiro

Kauan, Gusttavo Lima e Felipe Araújo chegaram a se pronunciar sobre saúde em redes sociais
Legenda: Kauan, Gusttavo Lima e Felipe Araújo chegaram a se pronunciar sobre saúde em redes sociais
Foto: Reprodução/Instagram

O ano de 2022 começou mal para boa parte dos cantores sertanejos. O mês de janeiro é marcado pela confirmação de vários nomes da música diagnosticados com Covid-19. Por conta da vacinação, muitos tiveram sintomas leves, mas passam por novos cancelamentos e adiamentos de shows

Gusttavo Lima, Felipe Araújo, Israel, Simaria, Kauan, além de membros das bandas, foram alguns dos diagnosticados com Covid-19 e Influenza. 

Em média, os cantores cancelaram ou adiaram três apresentações agendadas em janeiro. Para boa parte dos especialistas em saúde e órgãos sanitários, as festas de réveillon foram o principal cenário para o aumento de casos das doenças. 

Com a expectativa de melhora rápida, alguns nomes até remarcaram novas datas de sete a dez dias. O problema é que parte próprio público sente medo da possibilidade de pegar alguma doença respiratória.

Empresários já sentem também o impacto com festas de Carnaval. No Nordeste, festivais com a presença de sertanejos já anunciam novas datas ou cancelamento. 

O que se sabe é que um percentual de empresários e cantores vivem o conflito pessoal: a necessidade por recursos financeiros para manter bandas atrelado aos cuidados com os fãs.



Assuntos Relacionados