Pabllo Vittar investe no forró e mergulha na infância em 'Batidão Tropical'

Repertório de novo álbum traz a tona memórias afetivas da cantora

Pabllo Vittar disse ter tirado inspirações em bandas como Calcinha Preta, Limão com Mel e Magníficos para produzir
Legenda: Pabllo Vittar disse ter tirado inspirações em bandas como Calcinha Preta, Limão com Mel e Magníficos para produzir "Batidão Tropical"
Foto: Ernna Cost/Divulgação

Pabllo Vittar é natural de São Luís (MA). A infância e adolescência foi mergulhada no forró. Por também ter vivido no Pará, ela bebeu do tecnobrega. Os hits dos diferentes gêneros, vivenciados nos anos 2000, influenciaram de forma direta no novo álbum da cantora, lançado nesta quinta-feira (24). É notável que "Batidão Tropical" carrega notas e arranjos das memórias afetivas da maranhense.

Não é segredo para os fãs de Pabllo Vittar a paixão por nomes como Mara Pavanelly, Limão com Mel, Calcinha Preta, Magníficos, entre outros grupos de forró dos anos 1990. Do Norte é notório o espelho na cantora Mylla Karvalho, ex-vocal da banda Companhia do Calypso. 

Assista "Triste com T":

O repertório de "Batidão Tropical" traz a tona todas as vivências com Norte e Nordeste de Pabllo Vittar. A canção "Triste com T", principal single do álbum, evidencia todo o lado forrozeiro da cantora. Os arranjos eletrônicos confirmam o gosto da intérprete pelo forró dos anos 2000, com metais e percussão marcados. O clipe da produção também destaca os dançarinos, mesmos pensados pelas bandas do gênero nordestino. 

São gêneros que tive sempre  uma grande proximidade, isto acaba dando uma facilitada na hora de compor, sabe? Quando a gente faz o que ama e com paixão as coisas se encaixam naturalmente, sempre com muitos desafios, claro. É um baita aprendizado, e estou muito feliz com todo o resultado deste projeto.
Pabllo Vittar
Cantora

Pabllo Vittar não esconde o prazer em cantar composições de bandas como Companhia do Calypso. O novo álbum conta com nove músicas, entre elas três autorais e seis covers, sendo três sucessos escolhidos pelo carinho por Mylla Karvalho. "Bang Bang", "Ânsia" e "Zap Zum" marcaram uma geração de ouvintes de forró. Os looks e as danças eram verdadeiros hinos para o público LGBT da época.

Clipe
Legenda: Clipe "Triste com T" é a continuação da música "Ama Sofre Chora"
Foto: Ernna Cost/Divulgação

Em entrevista coletiva, realizada na manhã desta sexta-feira (25), Pabllo Vittar deixou confirmado a produção de um segundo volume de "Batidão Tropical" com a possibilidade de feats, além do desejo em explorar uma turnê do novo produto. 

Ainda neste ano, uma super live da cantora deve ser realizada em comemoração aos cinco anos de carreira. Em grande estilo, a produção promete ter diferentes palcos e looks, além de revisitar todo o repertório de sucesso da maranhense.