Ceará faz parceria com Festival de Cannes para produção e exibição de curtas gravados no Estado

Está prevista a realização de quatro produções que terão exibição garantida em 2025 na Quinzena de Realizadores, sessão independente do evento francês

Legenda: Projeto prevê produção de quatro curtas no Estado; Ceará estreou no Festival de Cannes em 2024 com 'Motel Destino', de Karim Aïnouz, protagonizado por Iago Xavier e Nataly Rocha
Foto: Julie Sebadelha / AFP

Após o Ceará estrear em 2024 no Festival de Cannes na disputa pela Palma de Ouro com o longa "Motel Destino", de Karim Aïnouz, quatro produções gravadas no Estado já têm exibição garantida na edição de 2025 da Quinzena dos Realizadores, sessão independente do prestigiado evento francês.

É o que promove o projeto “La Factory des Cinéastes Ceará-Brasil-Cannes”, uma parceria firmada entre o Governo do Estado e o Festival de Cannes/Quinzena de Realizadores.

A oportunidade irá selecionar dois cineastas do Ceará, um de outro estado da região Nordeste e um da região Norte para a realização de quatro curtas-metragens desenvolvidos com cineastas de outros países. As inscrições seguem até 12 de agosto.

Veja também

É necessário, para participar do processo de seleção, ter nascido no Brasil, morar no Nordeste ou no Norte, ter entre 25 e 40 anos, falar inglês de maneira fluente, ter dirigido ao menos um curta e no máximo um longa para cinema e ter um longa em desenvolvimento.

Além da produção e apresentação das produções, as pessoas selecionadas também irão poder apresentar os atuais projetos de longas-metragens para agentes do mercado em Cannes, como instituições, produtores e agentes de vendas.

No cronograma previsto, a seleção de cineastas e formação das duplas ocorrem em setembro. Entre outubro e dezembro, será o período de escrita dos roteiros pelas duplas. A preparação para as gravações ocorre em janeiro de 2025, com as filmagens e pós-produção previstas para março e abril. Em maio, as pessoas selecionadas representarão as obras em Cannes.

Karim é patrono da edição cearense do projeto, que ocorre no âmbito do Ano Brasil na França. O cineasta cearense já participou da Quinzena dos Realizadores, em 2011, com o longa "O Abismo Prateado".

A sessão, criada em 1969, busca selecionar obras com perspectivas experimentais e singulares em forma e conteúdo. Nomes do cinema brasileiro como Glauber Rocha, Júlio Bressane, Geraldo Sarno, Nara Normande, Kleber Mendonça Filho, Anita Rocha da Silveira, André Novais Oliveira e Gabriel Martins, por exemplo, já exibiram obras na Quinzena.

Mais informações

 A edição “La Factory des Cinéastes Ceará-Brasil-Cannes” é coproduzida pela Inflamável, no Brasil, e pela curadora Dominique Welinski, em parceria com a Secult-CE por meio do Museu da Imagem e do Som do Ceará e da Escola Porto Iracema das Artes, equipamentos geridos pelo Instituto Mirante e pelo Instituto Dragão do Mar.

Parceria foi articulada a partir da ida de representantes do Instituto Mirante e do Instituto Dragão do Mar ao Festival de Cannes deste ano; na foto, Tiago Santana, presidente do Mirante; a atriz Nataly Rocha; o diretor Karim Aïnouz; o ator Iago Xavier; e a diretora de formação do IDM Bete Jaguaribe
Legenda: Parceria foi articulada a partir da ida de representantes do Instituto Mirante e do Instituto Dragão do Mar ao Festival de Cannes deste ano; na foto, Tiago Santana, presidente do Mirante; a atriz Nataly Rocha; o diretor Karim Aïnouz; o ator Iago Xavier; e a diretora de formação do IDM Bete Jaguaribe
Foto: Divulgação

Foi no âmbito do Porto Iracema, inclusive, que despontou o projeto de "Motel Destino". O roteiro é coescrito por Wislan Esmeraldo, que teve formação na escola. Além dele, a diretora assistente Luciana Vieira e os protagonistas Iago Xavier e Nataly Rocha também passaram pela instituição.

Edições anteriores da La Factory já foram realizadas em parceria com países como Taiwan, Dinamarca e África do Sul. A última realização na América Latina havia sido em 2015, no Chile.

“La Factory des Cinéastes Ceará-Brasil-Cannes”

  • Quando: inscrições até 12 de agosto
  • Onde: no email factorycearabrazil@gmail.com
  • Mais informações: no edital, disponível no site

Cronograma previsto

  • 12 de agosto: fim das inscrições
  • 10 de setembro: pré-seleção de 8 a 10 diretores brasileiros para audições (presenciais ou online)
  • 23 a 28 de setembro: entrevistas com pessoas pré-selecionadas, para a seleção final e formação das duplas
  • 1º de outubro a 31 de dezembro: escrita de roteiros
  • Meados de janeiro: preparação com equipes locais e cineastas
  • Março/Abril: filmagens e pós-produção (a confirmar)
  • 13 a 23 de maio: Cannes (duração exata da estadia a confirmar)