Fortaleza pode ter Réveillon sem shows e com queima de fogos silenciosos

O prefeito José Sarto ainda é cauteloso em tratar de grandes eventos públicos, mas confirma que foi criada uma comissão para tratar da realização

Legenda: Prefeitura de Fortaleza estuda possibilidade de fazer festa de Reveillon
Foto: José Leomar

O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), ainda é cauteloso em tratar de grandes eventos públicos como as festividades de Réveillon e do Carnaval em Fortaleza. Diante da pandemia, a avaliação dele, que é médico, é que ainda há necessidade de visualizar melhor os cenários epidemiológicos. 

No campo da possibilidade, entretanto, o prefeito tem sugerido e recebido ideias para as festividades da virada do ano. Uma das possibilidades seria a realização de um show pirotécnico com uma queima de fogos silenciosos. Um espetáculo apenas visual, para evitar aglomerações, caso o cenário epidemiológico ainda inspire cuidados. 

Por se tratar de uma doença ainda pouco conhecida da ciência, mesmo com os avanços, especialistas pedem cautela na flexibilização de medidas como o uso de máscara e as aglomerações. 

Para discutir o assunto, a Prefeitura da Capital vai criar uma comissão para tratar da realização do Réveilon. O grupo terá integrantes das secretarias de Governo, Cultura, Turismo, Saúde e Comunicação com a Procuradoria Geral do Município para tratar diretamente da possibilidade de realização da festa e em quais formatos. 

Recentemente, os gestores de cidades como Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador começaram a tratar dos protocolos para a possível realização das festividades de Réveillon e Carnaval. Sobre a folia momina, entretanto, Fortaleza ainda não iniciou os diálogos, embora não descarte a possibilidade. 

Em Salvador, o prefeito Bruno Reis (DEM) informou no início desta semana que a Prefeitura está tratando da possibilidade e que já estuda exigir o esquema vacinal completo aos presentes. Dentro de um mês, deve haver um protocolo completo. 

A reunião técnica da Prefeitura de Fortaleza pode acontecer ainda nesta quarta-feira (6).



Assuntos Relacionados