Com orçamento turbinado, Sarto começa a mostrar estratégias para o ano eleitoral

Peça orçamentária estima R$ 13 bilhões no total e R$ 1,2 bilhão em investimentos para 2024

Legenda: O prefeito terá que jogar com estratégia quando chegar o ano eleitoral
Foto: Reprodução

O prefeito de Fortaleza José Sarto (PDT) está começando a mostrar as estratégias - e as armas - para o ano eleitoral. A primeira delas é o orçamento público de 2024, o último ano de sua gestão e aquele em que haverá eleições para o lugar que ele ocupa. Sarto enviou à Câmara Municipal uma peça orçamentária de R$ 13 bilhões, crescimento de 22,8% em relação ao total deste ano. 

No montante, o maior destaque está nas áreas de Saúde e Educação. O valor de investimentos previstos é superior a R$ 1,2 bilhão em ações como praças, areninhas, escolas em tempo integral, centros de educação infantil, postos de saúde, Caps e obras de infraestrutura como o túnel na Avenida Aguanambi com Domingos Olímpio. 

O gestor, que pode ser candidato à reeleição, está de olho nas entregas que poderá fazer no ano eleitoral como forma de mostrar à população o trabalho da Prefeitura que está sob seu comando desde 2021. 

Veja também

Embora seja um provável candidato à reeleição, Sarto presenciou muitas mudanças no grupo de apoio à sua eleição em 2020. Por causa disso, a questão política virou um problema a ser resolvido pelo prefeito. 

A base partidária que o elegeu no último pleito rachou com a ruptura entre PDT e PT em âmbito estadual. Legendas que estiveram com Sarto no último pleito como PSB, PP, PSD e PL, atualmente vivem situação bem diferente, elas deixaram a base do prefeito. 

Quem está mais próximo do gestor neste momento é a federação entre PSDB e Cidadania. Inclusive, o vice-prefeito Élcio Batista é o presidente do tucanato em nível estadual. 

Pois bem, Sarto precisará fazer uma ofensiva política para atrair apoio à sua postulação até porque o tempo de TV e rádio será importante no embate pelo Paço Municipal. Mas conforme o próprio prefeito tem dito, esse é um tema para 2024.

Áreas de investimento

Neste momento, a primeira cartada dele é em relação às entregas que a Prefeitura fará à população no ano eleitoral. O orçamento, que está sob a análise da Câmara Municipal, prevê, por exemplo, R$ 3,5 bilhões em recursos na Saúde. No bolo estão entregas de novos e reforma de outros postos de saúde, Caps e a entrega do Gonzaguinha de Messejana. 

Sarto sabe que a Saúde é uma área central no debate eleitoral e se apressa para reformular a rede após uma pandemia que desorganizou a estrutura em praticamente todo o país. 

Na educação, o montante previsto é de R$ 3,2 bilhões, cerca de 25% da receita corrente líquida municipal. Nesta área a previsão de entregas é de 10 escolas entre tempo parcial e integral e centros de educação infantil. 

Na urbanização, a previsão é fazer drenagem e pavimentação em 700 novas ruas em 32 comunidades na Capital. O túnel da Aguamambi, microparques urbanos e ecopontos fecham o grupo das prioridades do prefeito. 

As tratativas políticas mais diretas vão acontecer ao fim do primeiro semestre do próximo ano, mas o prefeito começa a mostrar as armas a serem usadas no início do embate eleitoral.