Primeiro Clássico-Rei de 2022 terá limite de 19 mil pessoas no Castelão

Fortaleza deve divulgar regras de prioridade para os seus mais de 30 mil sócios

Jogadores de Ceará e Fortaleza em disputa de bola
Legenda: Fortaleza e Ceará representarão o Nordeste no Brasileirão 2022
Foto: Kid Junior/SVM

Ao contrário das últimas partidas de 2021, que contaram com um Castelão cheio nas rodadas decisivas da Série A, o futebol começa com restrição de 30% público total dos estádios, pelo menos nos próximos 18 dias. O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana (PT) ao manter o decreto atualmente em vigor, durante live nesta sexta-feira.

Com isso, o Clássico-Rei, maior evento futebolístico do período, marcado para dia 5 de fevereiro, às 17h45,  também entra no bolo de partidas atingidas, podendo reunir, no máximo, 18.900 mil torcedores (somando tricolores e alvinegros). A estreia do Tricolor do Pici contra o Sousa, neste domingo (30), às 18h, também terá esse limitador de público.

A informação foi confirmada pela Federação Cearense de Futebol (FCF). A divisão de torcida, no entanto, ainda será decidida em reunião que deve acontecer nos próximos dias.

O mando de campo da partida é do Fortaleza. Desta forma, o Tricolor do Pici perde a chance de arrecadar um bom volume financeiro com vendas de ingressos caso tivesse o estádio plenamente liberado, principalmente os da torcida visitante.