One, da Colmeia, terá elevadores mais rápidos do Brasil

A construtora cearense encomendou 4 unidades dos modelos top de linha Atlas Schindler. A velocidade de cada elevador é de 240 metros por minuto. E mais: Fernando Cirino chega aos 70 anos.

Legenda: Na foto, o edifício One, condomínio residencial em construção pela Colmeia na Avenida Beira Mar, em Fortaleza, com 51 pavimentos
Foto: Divulgação

Boa novidade! Quatro unidades dos mais rápidos elevadores do Brasil foram encomendados pela Colmeia, uma das gigantes da construção civil cearense, e serão instalados no One, condomínio residencial em construção na Avenida Beira Mar, que será o mais alto edifício do Estado do Ceará, com 51 andares, 46 dos quais de apartamentos - um por andar (há quatro pavimentos subterrâneos para estacionamento de veículos, além de um piso de lazer com pé direito duplo).

Os elevadores, cuja velocidade é de 240 metros por minuto, semelhante à dos instalados nos maiores arranha-céus do mundo, será fabricado pela Atlas Schindler, empresa do grupo alemão Schindler, referência mundial na indústria de elevadores. Eles serão entregues e instalados entre novembro deste ano e janeiro de 2023.

Os quatro elevadores custaram R$ 6,5 milhões.

No edifício One, cuja inauguração está marcada para julho do próximo ano (toda a obra estrutural do prédio foi concluída, desenvolvendo-se agora o trabalho de acabamento de cada unidade residencial), cada apartamento terá dois elevadores sociais e dois de serviço, um dos quais poderá transportar uma maca hospitalar em caso de emergência. 

Os elevadores sociais terão capacidade para transportar 13 pessoas; os de serviço, 10 pessoas. Três dos quatro elevadores serão do modelo Schindler 5.500; o quarto, de serviço, que poderá transportar maca hospitalar, será do modelo Schindler 7000. 

Todos os 46 apartamentos do One, cada um com 608 metros quadrados de área, já foram vendidos, informa, com um largo sorriso de contentamento, o sócio e CEO da Construtora Colmeia, empresário Otacílio Valente, que não tem dúvida sobre a qualidade dos elevadores que equiparão o edifício: 

“São os elevadores top de linha da Atlas Schindler. Além da alta velocidade, eles são dotados da mais moderna tecnologia existente hoje para esse tipo de transporte”, afirma ele. 

A Construtora Colmeia já levantou, em Fortaleza, cerca de 90 edifícios residenciais e comerciais, com área construída de 1,5 milhão de metros quadrados. A empresa atua, também, nas cidades de Natal, Manaus e Campinas (SP), onde sua carteira de prédios construídos passa dos 500 mil metros quadrados de área.

FERNANDO CIRINO: 70 ANOS DE TRABALHO E IDEIAS

Fernando Cirino Gurgel, um dos grandes empresários da indústria e, agora, também, das energias renováveis, chega hoje à fase septuagenária de sua vida. 

Aos 70 anos de idade, parecendo muito mais jovem, FCG mantém em pleno funcionamento a usina de ideias e de novos negócios que transporta no cérebro e que o levou a investir, também, com parceiros nacionais e internacionais, em energia solar e eólica.
 
Há 10 anos, esse mercado de enerias renováveis não atraía muita gente, mas nos tempos atuais virou um filão para o qual correm na velocidade de Usain Bolt empresários inteligentes e antenados com o que pede e exige a economia.
 
E o que a economia impõe no Século XXI são negócios ESG, isto é, com governança ambiental, social e corporativa.

Ex-presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), na qual ainda influi, Fernando Cirino Gurgel está otimista em relação ao futuro próximo da economia brasileira e aposta no que chama de “bom resultado das eleições deste ano”. 

Na sua opinião, o Brasil e os brasileiros “têm de manter o rumo de sua economia de livre iniciativa, de respeito à propriedade privada e de plena liberdade democrática”.