Governo cria Programa Nacional do Hidrogênio. Ceará aplaude

PNH2 fortalecerá o mercado e a indústria de hidrogênio no Brasil. Secretario Maia Júnior diz que o Ceará está em linha com o programa. Leia mais: Lojas Zenir doam 50 mil colchões a hospitais

Legenda: Com o PNH2, o governo federal pretende incentivar a indústria nacional do hidrogênio e preparar mão de obra especializada
Foto: Shutterstock

Agora é oficial e definitivo: foi instituído ontem o Programa Nacional do Hidrogênio – PNH2, cujo objetivo é o de fortalecer o mercado e a indústria do hidrogênio no Brasil. 

Os princípios do programa são a valorização do potencial nacional de recursos energéticos; o reconhecimento da diversidade de fontes energéticas e alternativas tecnológicas disponíveis ou potenciais; a descarbonização da economia; a valorização e incentivo ao desenvolvimento tecnológico nacional; o desenvolvimento de um mercado competitivo; a busca de sinergias e articulação com outros Países; e o reconhecimento da contribuição da indústria nacional. 

O PNH2 será elaborado com base em seis eixos, que são os seguintes:  fortalecimento das bases científico-tecnológicas; capacitação de recursos humanos; planejamento energético; arcabouço legal e regulatório-normativo; abertura e crescimento do mercado e competitividade; e cooperação internacional.

A mesma resolução que criou o PNH2 – assinada pelo ministro de Minas e Eneria, Adolfo Sachsida – também instituiu o Comitê Gestor do Programa Nacional do Hidrogênio (Coges-PNH2), com a finalidade de coordenar e supervisionar o planejamento e a implementação do PNH2. 

Em sua primeira reunião ordinária, o Coges-PNH2 instituirá as seguintes cinco Câmaras Temáticas, com o objetivo de examinar questões específicas de sua competência, desenvolver estudos, análises, produzir de relatórios técnicos e subsidiar o Coges-PNH2: fortalecimento das bases científico-tecnológicas; capacitação de recursos humanos; planejamento energético; arcabouço legal e regulatório-normativo; e abertura e crescimento do mercado e competitividade.

As Câmaras Temáticas serão integrada por no máximo, 15 membros, terão caráter temporário e duração não superior a três anos.

Para o secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Governo do Ceará, Maia Júnior, a resolução do Conselho Nacional de Política Energética surge no momento em que este estado acelera as providências legais e infra estruturais para a viabilização do Hub do Hidrogênio Verde do Pecém. 

Ontem, por exemplo, os dois principais parceiros do governo cearense nesse projeto – a Fiec e a UFC – anunciaram um edital para a seleção de trabalhos acadêmicos voltados à formação e a qualificação de mão de obra especializada para as empresas que produzirão H2V no Ceará. 

“O Governo do Ceará está em linha com as diretrizes nacionais para o desenvolvimento do H2V, de que são provas os Memorandos de Entendimento já celebrados com grandes empresas estrangeiras e nacionais, a interação da iniciativa privada com a academia na busca da melhor formação de pessoal para a produção do Hidrogênio Verde e as providências que as empresas já adotam para implementar seus empreendimentos”, comentou o secretário Maia Júnior. 

A propósito: o vizinho estado de Pernambuco acaba de lançar o seu Plano de Descarbonização, cujo objetivo é ousado: chegar a 2050 com zero de emissões de carbono. 

Com esse plano, o governo pernambucano quer aumentar em 6% o seu Produto Interno Bruto (PIB) no acumulado até lá – o que representará um incremento de R$ 20 bilhões.

ZENIR DOA 5 MIL COLCHÕES A HOSPITAIS MUNICIPAIS 

Empresa genuinamente cearense, com 30 anos de atuação no varejo nordestino, a rede de lojas Zenir realiza nesta semana uma grande campanha social no Ceará: ela está doando mais de 5 mil colchões para os hospitais municipais do estado. 

Pelo menos um hospital de cada município será contemplado. 

A entrega dos colchões teve início na cidade natal da Zenir, Iguatu, e ontem, 23, chegou a Fortaleza, onde foram feitas duas entregas – uma no IJF, outra no Hospital Assis Chateaubriand. Hoje, haverá mais duas entregas – na Santa Casa de Misericórdia e no Hospital Sopai, totalizando mais de 500 colchões doados apenas nas últimas 48 hoas de campanha.

Desde 1992, com a inauguração da sua primeira loja em Iguatu, a Zenir vem expandindo sua atuação por todo o estado. Hoje, a rede tem 57 lojas localizadas nas diferentes regiões do Ceará, estando prevista a inauguração demais unidades neste e nos próximos anos. 

A Zenir, além das lojas, conta com quatro Centros de Distribuição, frota de mais de 180 veículos para entrega e um quadro de pessoal com mais de 2 mil colaboradores.

COMPLEXO BEACH PARK TERÁ MAIS UM RESORT

Vem aí Ohana Beach Park Resort, o quinto resort do grupo Beach Park. 

O empreendimento ficará localizado na Praia de Porto das Dunas, em Aquiraz, dentro do complexo turístico, e a apenas 20 minutos de Fortaleza, e vem para somar e consolidar o destino como um dos principais players em turismo, entretenimento e negócios imobiliários no Brasil.  

O investimento será de R$ 150 milhões.