Ceará e Fortaleza: sequência negativa preocupa, é hora de acordar

Mais um fim de semana sem vitória, nem para um lado, nem para o outro. Nossas equipes na Série A vivem um jejum incômodo

Imagem dos jogos Ceará x Santos e Inter x Fortaleza
Legenda: Imagem dos jogos Ceará x Santos e Inter x Fortaleza
Foto: Kid Júnior (SVM) / Ricardo Duarte (SC Internacional)

Mais um fim de semana que passa e nada de comemorarmos uma vitória das nossas equipes na primeira divisão do futebol brasileiro.

O Ceará, no sábado à noite, entrou em campo diante do, ainda em ajustes, Santos, e não conseguiu mais que o tradicional 0x0, em casa.

O time de Tiago Nunes entrou em campo com algumas mudanças. O treinador deu oportunidades para a garotada.

Kelvyn, Geovane e Rick começaram entre os titulares. Gostei da participação dos três, mas é preciso muito mais.

Infelizmente, só o fato de ter que recorrer para quem deveria ser composição de elenco, já escancara a dificuldade que Guto Ferreira tinha e Tiago vai ter. 

Quem deveria render e chamar a responsabilidade, não tem conseguido agregar. Esse é, ainda, o maior problema do Ceará na temporada. 

Contra o Santos, o time seguiu com sérias dificuldades de produzir perigo ao adversário e só não saiu derrotado porque o Peixe tem conseguido ser ainda menos capaz que o Vovô.

Marinho, de forma bizonha, jogou para os ares a penalidade que poderia ter complicado ainda mais a situação.

O Alvinegro de Porangabuçu já passa a olhar pra baixo na tabela, não para cima. O Z4 está cada vez mais perto e está mais do que na hora de uma "chacoalhada" geral.

Já o Fortaleza, perdeu a chance de emplacar uma retomada dos "bons ventos". Depois de eliminar com propriedade o São Paulo na Copa do Brasil, não conseguiu pôr fim ao jejum no Brasileirão.

Diante do Internacional, o time de Vojvoda produziu, criou e abusou de desperdiçar chances claras. A velha falta de efetividade que vem ocorrendo no campeonato.

Gostei da participação de Lucas Lima, titular mais uma vez. A estreia do argentino Depietri, apesar da pouca minutagem, me mostrou boas perspectivas.

Mas a falta de precisão no ataque acabou custando caro. Em uma desatenção incrível da defesa, conseguiu ainda levar o gol da derrota faltando 2 minutos para o fim da partida.

Edenílson marcou para o Colorado e deixa um prejuízo que vem acumulando. Já são 6 jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro, sendo 3 derrotas seguidas

Oscilação faz parte, a posição de tabela é espetacular, mas é preciso reconhecer que as coisas precisam voltar a se alinhar o quanto antes.