Ceará: Dorival Júnior tem início promissor e aproxima Vovô da "virada de chave"

Com duas vitórias em dois jogos grandes, novo treinador do Alvinegro pode estar próximo da "virada de chave" que mencionou ao chegar no clube

Dorival Jr. orienta equipe durante jogo
Legenda: Dorival Jr. orienta equipe durante jogo
Foto: Kid Júnior (SVM)

Ao chegar no Ceará, Dorival Júnior falou que acreditava ver o time treinado por Tiago Nunes, próximo de uma "virada de chave".

Pelo fato de estar criando e produzindo chances, faltava "apenas" o detalhe de botar a bola para dentro e passar a vencer os compromissos decisivos.

E com duas vitórias, em competições distintas, contra adversários de grande porte, essa virada pode estar realmente ocorrendo.

Confesso que no primeiro jogo, diante do Independiente, a atuação em si não me agradou. Futebol ainda precário, pouca inspiração.

Porém, a capacidade de virar um jogo, frente a o adversário de maior tradição na América do Sul (Heptacampeão da Libertadores), já foi um ponto importante.

E por uma competição de tiro curto, que só passa o primeiro de cada grupo, às vezes é mais interessante vencer do que propriamente jogar bem.

Sem falar que foram apenas 5 treinamentos antes da estreia.

Já na segunda e última partida, diante do Palmeiras, do técnico Abel Ferreira e fortíssimo em seus domínios, pudemos detectar mais o "dedo do treinador".

Dessa vez, os 3 volantes faziam sentido. Era preciso marcar bem, mas também teria que jogar. Só se defender, provavelmente, não daria certo.

O time de Dorival "engoliu" o adversário. Foi superior durante toda a partida. Jogou e não deixou jogar. Estratégia perfeitamente executada.

Mentalmente, o time que após as eliminações precoces no início da temporada, andava com a credibilidade abalada, pode estar muito próximo da tal da "virada de chavinha", e passar a ter cada vez mais confiança.

É muito cedo, é claro. Amostragem pouca, tanto para o bem como para o mal.

Mas, a forma e o impacto dessas duas vitórias nos dois primeiros jogos à frente do Ceará, trazem ao torcedor uma expectativa de maiores pretensões na temporada.