Torcida do Ceará fez a diferença contra o Fluminense e terá papel decisivo na reta final da Série A

Foram 8.095 torcedores presentes, registrando o maior público do Vovô em 2021

Torcida do Ceará contra o Fluminense
Legenda: Torcida do Ceará fez bonita festa contra o Fluminense
Foto: Kid Jr/SVM

A importante vitória do Ceará por 2 a 1 sobre o Fluminense, no último domingo (31), teve grande entrega coletiva dos jogadores dentro de campo. Postura daquelas esperadas em jogos de muita relevância, como era contra o Tricolor Carioca. Mas os atletas não foram os únicos protagonistas da partida. Nas arquibancadas, a torcida do Ceará fez a diferença.

Os 8.095 alvinegros que estiveram no estádio cantaram, apoiaram e incentivaram o tempo inteiro. Jogaram junto do time do início ao fim. O gol de Vina logo cedo, aos seis minutos, contribuiu para que o ambiente se tornasse mais favorável na relação campo-arquibancada.

Mas mesmo nos momentos de dificuldade, como na expulsão de Gabriel Dias, aos 29 minutos do primeiro tempo, e também quando o Fluminense impôs maior pressão em busca do empate, sobretudo na etapa final, a torcida fez o papel dela e não abaixou o tom.

A força das arquibancadas sempre foi um diferencial dos times cearenses. Principalmente nos percalços. A demonstração de apoio que vem dos torcedores serve como combustível extra para quem está dentro das quatro linhas.

E isso será imprescindível ao Ceará na reta final do Brasileirão.

Ainda serão quatro jogos atuando em casa, contra Cuiabá, Sport, Corinthians e América-MG. Com exceção do time paulista, três confrontos diretos na Arena Castelão.

As vitórias dependem dos jogadores, é claro.

Mas não tenho dúvidas que o torcedor terá papel decisivo para empurrar o time na busca por bons resultados.