Mesmo de olho na semifinal, Ceará não pode desviar o foco: a verdadeira decisão é contra o Bolívar

Alvinegro tem jogo decisivo contra o Bolívar que pode encaminhar uma inédita e histórica classificação às oitavas de final da Copa Sul-Americana

Jogadores do Ceará comemoram gol
Legenda: No Castelão, o Ceará venceu o Jorge Wilstermann e empatou com Arsenal de Sarandí pela Sul-Americana
Foto: Thiago Gadelha

Foram muitas indefinições envolvendo Ceará, Ferroviário e Federação Cearense de Futebol (FCF) para a decisão sobre a semifinal do Campeonato Cearense. É fato que o Alvinegro passou a atribuir uma relevância maior ao Estadual por não ter conquistado a Copa do Nordeste, mas há de se lembrar: a verdadeira decisão que o Vovô terá é contra o Bolívar, na quinta-feira (20), pela Copa Sul-Americana.

Entre Estadual e Sul-Americana, o torneio internacional sempre foi prioridade. O peso deste jogo é enorme. Vitória sobre os bolivianos praticamente garante uma inédita e histórica classificação para as oitavas de final da competição continental.

Além disso, representa também um importante incremento financeiro, já que a cota de participação da próxima fase é de US$ 500 mil (pouco mais de R$ 2,6 milhões na cotação atual).

Sem contar no aspecto de visibilidade, calendário mais atrativo, exposição de marca do clube e de patrocinadores, desbravamento em um relevante torneio internacional e melhor resultado esportivo.

São muitos os aspectos positivos com uma possível vaga. É difícil, já que somente o primeiro colocado avança, mas é completamente viável tendo em vista que o Ceará é, tecnicamente, o melhor time do grupo, e lidera a chave, dependendo apenas de si para conseguir a classificação.

Arrisco dizer que por todos os aspectos envolvidos, é mais atrativo conseguir chegar nas oitavas da Sula que propriamente chegar na final do Estadual.

Mesmo de olho na semifinal, o Ceará não pode esquecer: a verdadeira decisão é contra o Bolívar.