Ceará tem rodada quase perfeita e, se vencer o Juventude, deve ficar mais perto do G-6 que do Z-4

Após duas vitórias seguidas, Alvinegro saiu da zona de rebaixamento e, em caso novo triunfo deverá entrar na primeira página da tabela

Vina comemora gol
Legenda: Vina tem sido destaque do Ceará, com três gols nos últimos três jogos
Foto: Kid Junior/SVM

A 18ª rodada do Campeonato Brasileiro foi quase perfeita para o Ceará. Primeiramente e o mais importante, porque o Alvinegro fez o seu papel ao vencer o Avaí, por 1 a 0. Resultado que fez o Vovô ganhar 3 posições e encerrar a rodada na 11ª colocação.

O Alvinegro ultrapassou o próprio Avaí, Goiás (perdeu para o Fluminense) e Botafogo (perdeu para o Santos). Além disso, do 11º ao 20º colocado, só o Ceará venceu.

Cuiabá empatou com o Atlético-MG, Coritiba perdeu para o Corinthians, América-MG perdeu para o Palmeiras, Atlético-GO perdeu para o Athletico-PR, Fortaleza perdeu para o Bragantino e Juventude foi derrotado pelo Flamengo.

Para ter sido melhor ainda para o Ceará, só se Santos e Botafogo tivessem empatado (o Vovô estaria em 10º) e o Cuiabá tivesse perdido.

Mesmo assim, com estes resultados, o time comandado por Marquinhos Santos chegou aos 24 pontos e abriu seis de vantagem sobre o América-MG, que tem 18 e é o 17º colocado, primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

A distância para o Internacional, 6º colocado, é a mesma, já que o Colorado tem 30 pontos.

Com isso, se vencer o Juventude e dependendo de outros resultados, o Vovô pode não apenas entrar no Top-10 do Brasileirão como, também, ficar mais próximo do G-6, grupo de classificação para a Libertadores, que da zona de rebaixamento.

O que é um salto considerável para um time que, há três rodadas, estava não apenas próximo, como dentro do Z-4.

Dá dimensão de como o jogo de domingo, contra o lanterna da Série A, é extremamente importante e pode servir para embalar de vez o Alvinegro na competição.