Análise: Ceará tem empate de copo meio cheio e meio vazio contra o Goiás

Pelo jogo, empate foi bem ruim. Ceará jogou melhor e deveria ter vencido. Pelo campeonato, um ponto que deve ser valorizado

Volante Richard com a bola dominada em Goiás x Ceará
Legenda: Ceará foi superior no jogo, mas não venceu
Foto: Fausto Filho/Cearasc.com

O empate do Ceará em 1 a 1 contra o Goiás, na tarde deste domingo (12), no Serrinha, é o típico resultado visto como um copo meio cheio e meio vazio. Mas que, no fim, deixa um gosto de lamentação aos alvinegros.

Meio vazio pelo que foi o jogo. O Ceará foi superior, teve mais posse de bola, finalizações (20 x 12), chutes na direção do gol (6 x 4) e oportunidades claras para balançar as redes adversárias.

No 1º jogo sem Dorival Júnior, o Alvinegro manteve a organização e consistência. No tradicional 4-3-3 quando o time atua fora de casa, com uma trinca de volantes muito bem postada, o Vovô controlou a partida e pouco sofreu. O gol de Mendoza, logo aos 9 minutos, deu tranquilidade e colocou a peleja em um cenário favorável.

Mendoza comemora gol pelo Ceará
Legenda: Mendoza abriu o placar para o Ceará contra o Goiás pelo Brasileirão
Foto: Fausto Filho / CSC

Mesmo com a vantagem no marcador, o Ceará teve as chances mais claras de gol. Na melhor delas, Vina recebeu de cara com Tadeu, mas chutou pra fora e perdeu gol claro. Do outro lado, um Goiás que insistia muito mais na base do chuveirinho que da jogada trabalhada.

A defesa, bem postada, ganhou quase todas pelo alto. Só que, aos 39 minutos, o árbitro Wagner do Nascimento Magalhaes marcou pênalti em dividida de Bruno Pacheco com Maguinho e ainda expulsou o lateral-esquerdo.

O pênalti é interpretativo. Na minha visão, não existiu. Mas a marcação é compreensível. Só que a expulsão do Pacheco é um exagero do árbitro. O camisa 6 visa apenas a bola e tem a disputa normal num movimento natural. Não é agressão. Pedro Raul empatou.

Mesmo assim, foi o Ceará que ainda teve a bola do jogo, com Mendoza, que saiu de frente com Tadeu, mas tentou driblar e perdeu o tempo de bola.

Copo meio Cheio

Ceará empata com o Goiás pelo Brasileirão
Legenda: Com o empate, ambas as equipes somam 14 pontos na tabela do Brasileirão de 2022
Foto: Fausto Filho / CSC

Mas pelo contexto de campeonato, se vê o copo meio cheio. Um ponto fora de casa contra o Goiás, que vem invicto atuando como mandante, deve ser valorizado.

Ainda mais por trazer na bagagem quatro pontos na viagem para enfrentar, além do Esmeraldino, o América-MG, fazendo o Vovô se manter como o melhor visitante na competição.

Dos 14 pontos que o Ceará tem no Brasileirão, 12 foram conquistados como visitante.

Se pelo que foi o jogo o resultado poderia ter sido melhor, pelo campeonato, um ponto que não pode ser desprezado.