Enderson ganha novas opções com retorno de jogadores que estavam com Covid-19

Para enfrentar o Inter, treinador leonino terá de volta 10 jogadores que estavam afastados

Legenda: Fortaleza terá retorno de 10 jogadores
Foto: Thiago Gadelha

Dentre as muitas dificuldades que o técnico Enderson Moreira encontrou no Fortaleza logo em sua chegada, uma se sobressai. No empate em 0 a 0 contra o Grêmio, no último sábado (9), o treinador não contou com 12 jogadores que testaram positivo para Covid-19. Entretanto, a maioria destes atletas já retomou as atividades e, com isso, o treinador ganha novas opções para montar a equipe de olho no Inter.

Ouça o podcast 'FortalezaCast'

Powered by RedCircle

Estarão de volta os atacantes David e Bergson, o meia Mariano Vázquez, os zagueiros Juan Quintero e Jackson, os volantes Juninho, Luiz Henrique e Pablo, o lateral-direito Tinga e o goleiro João Pedro.

Destes, David, Juninho, Tinga e Jackson vinham sendo titulares constantemente, e a tendência é que voltem a disputar vaga na equipe principal. Especialmente, os três primeiros.

Mesmo entre polêmicas, David é o vice-artilheiro do Fortaleza na temporada, com 10 gols marcados. Além disso, tem quatro assistências para gols. Números que refletem a importância do atleta para o sistema ofensivo, que vive momento de seca de gols, sem balançar as redes há quatro jogos. Outros retornos consideráveis estão na defesa e no meio-campo. Tinga é o líder de assistências do Tricolor do Pici no ano, com sete passes para gols, e deverá retomar a titularidade.

No meio-campo, o volante Juninho foi titular a temporada praticamente inteira e é o homem das bolas paradas. Tem o mesmo número de assistências que o lateral-direito, mas vive situação distinta.

A concorrência no setor é mais acirrada. Felipe é titular absoluto, e Ronald entrou muito bem na equipe, garantindo segurança na marcação e qualidade na saída de bola.

Nos últimos dois jogos, em que o Fortaleza apresentou dificuldades de criação, o Camisa 14 foi um dos poucos jogadores que apresentaram desempenho satisfatório.

Certo é que o retorno de praticamente 30% do elenco é muito significativo por assegurar alternativas tanto para escalação do time titular como de substituições para as próximas partidas.

Independentemente de tudo, a única coisa que poderá trazer tranquilidade ao Pici será uma vitória.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte