Coronavírus: Ceará decide dar férias aos jogadores em abril e atrasa reapresentação

Jogadores do Alvinegro terão férias a partir do dia 1º de abril

Legenda: Ceará não terá atividades retomadas até fim do decreto do Governo do Estado
Foto: Felipe Santos/cearasc.com

Um dia após a formulação da nova proposta que foi repassada pela Comissão Nacional dos Clubes (CNC) para a Federação dos Atletas Profissionais de Futebol, o Ceará Sporting Club já decidiu o que fará: o Alvinegro dará férias aos jogadores no mês de abril, precisamente até o dia 20, com previsão de retorno às atividades dia 21.

A diretoria alvinegra acredita que, pela variedade de cenários que existe atualente no futebol brasileiro, cada clube vai resolver seus acordos individualmente. Com isso, já tomou a medida que acredita ser a mais viável para o momento.

Assim sendo, no período de férias, os atletas não deverão ser obrigados a cumprir cronograma de exercícios estabelecido pelo clube, já que estarão legalmente liberados das atividades profissionais.

A proposta mais polêmica da CNC, porém, a de redução salarial em 25% dos atletas durante o período de paralisação, ainda não foi decidida. A diretoria alvinegra irá avaliar a possibilidade no período e tomará a decisão após o cumprimento do prazo de férias.

O Sindicato dos Atletas de Futebol do Estado do Ceará (Safece) já declarou que os atletas não concordam com corte salarial, mas confia em uma solução viável para todos.

Com a medida, o Ceará faz o que já era esperado: atrasa a reapresentação que inicialmente havia sido marcada para o dia 30 de março. O próprio clube já havia deixado claro que esta era uma tendência, pelo cenário atual da pandemia coronavírus.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte