Ceará é valente, tem gol anulado em lance polêmico e perde para o Palmeiras

Com time alternativo, Vovô segura a pressão alviverde, desperdiça pênalti e sai com derrota por 1 a 0

Legenda: Ceará jogou muito bem contra o Verdão, mas não evitou a derrota
Foto: Foto: Israel Simonton/ CSC

O Ceará foi superado pelo Palmeiras, neste sábado (2), e perdeu por 1 a 0 no Allianz Parque. Mesmo poupando os titulares, o Vovô criou bastante, teve um gol anulado em lance polêmico (VAR apontou impedimento em jogada de Bergson) mas desperdiçou um pênalti com Bergson e encerrou a invencibilidade de três jogos na Série A do Brasileiro. O gol alviverde foi de Zé Rafael.

Com o resultado, o Ceará se mantém em 15º, com 33 pontos, sem chances de entrar na zona de rebaixamento ao término da 30ª rodada. O próximo jogo é contra o Internacional na quinta-feira (7), às 19h30, na Arena Castelão.

Já o Palmeiras segue vivo na briga pelo título do Brasilerão e soma 63, na vice-liderança. O Verdão encara agora o Vasco na quarta (6), em São Januário, às 21h30.

O jogo

O Ceará entrou em campo com um time muito modificado e buscou se fechar contra o Palmeiras. Atuando com linhas baixas, o Vovô foi dominado nos primeiros minutos e sofreu o gol de Zé Rafael logo aos 11, em finalização dentro da área. 

O cenário, no entanto, beneficiou o time alvinegro. Com o placar favorável, os donos da casa recuaram e tentaram administrar a posse sem agredir muito. A postura trouxe o Vovô para cima e, em duas oportunidades, o empate quase ocorreu: Bergson desperdiçou uma penalidade, que parou em Weverton, e Valdo cabeceou para fora aos 40.

O 2º tempo começou com o Palmeiras errando muitos passes. Apostando no contra-ataque, o Ceará tinha as principais ações com Felipe Silva na armação. O Vovô foi superior e executou um bombardeio, mas não venceu o goleiro alviverde. 

Aos 41, Felipe Silva fez o gol, mas o VAR anulou de forma polêmica. O meia estava muito próximo do zagueiro Goméz. Assim, o Vovô foi derrotado no Allianz Parque.

Legenda: O lance em Bergson determinou a anulação do gol alvinegro
Foto: reprodução

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?