CBF suspende torneios nacionais; FCF decidirá sobre Campeonato Cearense

Diante do avanço do novo coronavírus em território nacional, a entidade máxima do futebol brasileiro resolveu suspender competições. Em nível regional e local, as decisões serão tomadas ao longo desta semana

Legenda: Jogo da volta entre Vitória e Ceará, pela Copa do Brasil, foi adiado e não tem previsão para ocorrer
Foto: Foto: Camila Lima / SVM

Nenhum espetáculo existe sem a presença do público. Seja show, teatro e até mesmo o futebol. Após um fim de semana de estádios vazios no Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Ceará, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidiu suspender por tempo indeterminado todas as competições nacionais para evitar a propagação do novo coronavírus (Covid-19). O calendário afeta a Copa do Brasil, os Brasileiros Femininos A1 e A2, o Brasileiro Sub-17 e a Copa do Brasil Sub-20. 

Para os representantes locais, o Ceará tem a partida contra o Vitória/BA previamente adiada da quarta-feira (18), às 19h15, no Barradão, em Salvador - duelo era válido pela 3ª fase da Copa do Brasil. 

Já o Fortaleza tem cancelada a partida contra o São Valério/TO prevista para hoje (16), pelo Brasileiro Feminino A2. Antes, o jogo ia ocorrer às 19h, no estádio Presidente Vargas (PV).

As mudanças mostram uma nova diretriz de contingência para o Covid-19, a nova doença que preocupa a população mundial. Se o torcedor não tinha acesso aos equipamentos esportivos, a medida expande a precaução aos atletas, membros da comissão técnica e funcionários dos clubes. Ou seja, sem público total.

E a iniciativa tem o aval dos grandes clubes. Ao serem obrigados a entrar em campo mesmo sem o torcedor - elemento fundamental do jogo - os atletas protestaram, seja com máscaras como fez o Grêmio/RS ou mesmo com mãos na boca a exemplo de Fluminense/RJ e Botafogo/RJ, no Campeonato Carioca.

Campanha

Foto: Foto: Camila Lima / SVM

Na Arena Castelão, os atletas do Vovô entraram com a faixa ‘O Futebol Cearense contra o Coronavírus’, enquanto o Fortaleza anunciou a suspensão das atividades das categorias de base por 20 dias.

O cenário ainda mostra a preocupação e o respeito com os profissionais do esporte após a resposta do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. Justificando a medida de partidas sem público no Estado, o gestor afirmou: “O contato será entre os jogadores, aí o risco é deles” - fala que desencadeou protestos no meio futebolístico.

A ação de empatia também pode construir capítulos futuros. Ao prescindir de parte do calendário do futebol para o bem-estar coletivo, a CBF prepara iniciativas no início da semana para as competições regionais.

Efeitos locais

Como a Copa do Nordeste, por exemplo, em que uma reunião está agendada para amanhã (17), às 14 horas, em Recife. Em contato com o presidente da Liga do Nordeste, Eduardo Rocha, o Diário do Nordeste apurou que a decisão será de forma coletiva entre os clubes. “A liga está marcando a reunião, já repassamos para todos os clubes. Vamos dar o indicativo à CBF, se for a suspensão (da Copa do Nordeste) ou continuação com portões fechados”, explica o gestor.

Estaduais indefinidos

Legenda: A partida entre Ceará e Sport ocorreu com portões fechados
Foto: Foto: Camila Lima / SVM

Cada federação local de futebol do Brasil terá o direito de escolher sobre a paralisação ou não do respectivo torneio. Foi assim que a CBF reagiu sobre a interferência no futebol regional, a exemplo do Campeonato Cearense.

A nota em si sinaliza que “as Federações Estaduais de futebol, entidades organizadoras, terão deliberações específicas para cada competição, sendo respeitada a sua autonomia local”. Dessa forma, é possível que um Estado tenha jogos, enquanto outro seja favorável à paralisação.

Dessa forma, a Federação Cearense de Futebol (FCF) informou que uma reunião está prevista para a próxima quarta-feira (18), na sede da entidade, com representantes dos clubes filiados. O coletivo vai escolher entre a continuidade ou não do torneio, que está na 6ª rodada da 2ª fase.

O presidente do Ceará, Robinson de Castro, ressaltou que é possível realizar partidas com portões fechados pelo Estadual, assim como foi o duelo de ontem, contra o Sport, pela Copa do Nordeste, na Arena Castelão.

“Os próximos jogos do calendário, eu consigo fazer com portões fechados. Então podemos fazer uma gestão disso sem muitos prejuízos para evitar propagação do vírus. Vamos fazer com inteligência, bom senso e responsabilidade. Parar o calendário estadual é que não tem nenhum sentido, aqui não é foco de nada”, pondera o dirigente.

Com uma partida marcada para a data do encontro - duelo com o Guarany, às 21h30, em Sobral, a diretoria do Fortaleza optou por cautela ao tratar do tema. O mandatário tricolor Marcelo Paz ressalta que as decisões governamentais devem ser acatadas com prioridade.

“Não tenho um conhecimento técnico, mas se for para prevenir a vida e a integridade das pessoas, devemos seguir toda e qualquer orientação por parte do Ministério da Saúde. O Fortaleza vai aguardar a Liga do Nordeste e também a FCF para decidirmos juntos sobre os próximos jogos”, declarou.

A única Federação que se manifestou estritamente favorável ao cancelamento dos jogos foi a de Minas Gerais. Após o ato da CBF, a Instituição comunicou a paralisação dos jogos, por tempo indeterminado, das duas principais divisões do Estadual. 

Em outras competições locais, como o campeonato paulista e carioca, os jogos seguem, mas sem a presença de público nas capitais. São Paulo e Rio de Janeiro já registraram casos de infecção comunitária e inspiram cuidados.

Situação das principais competições

Copa do Brasil
Está suspensa por tempo indeterminado

Campeonato Cearense
Segue sem alteração. Reunião será realizada na quarta-feira (18)

Copa do Nordeste
Segue sem alteração. Reunião também define continuidade

Campeonato Paulista
Segue, mas com jogos sem torcida nas partidas da Capital

Campeonato Carioca
Segue, mas com jogos sem torcida nas partidas da Capital

Copa do Brasil sub-20
Está suspensa por tempo indeterminado

Brasileiro Feminino 
Está suspenso por tempo indeterminado

Brasileiro Feminino A2
Está suspenso por tempo indeterminado

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?