Toffoli aceita pedido da Petrobras e mantém eficácia de decisão sobre greve

No pedido de liminar ao STF, a Petrobras argumentou a redução do quadro de empregados ameaça o abastecimento de combustíveis da população