Após massacre, São Paulo promete colocar policiais em escolas

Um dia após a tragédia em Suzano, autoridades responderam a críticas de insegurança nas unidades de ensino