Pernambuco reduz horário das atividades, fecha praias, parques e comércio aos fins de semana

Setores considerados essenciais poderão abrir normalmente no período

praia de boa viagem
Legenda: As restrições começam a partir de quarta-feira (3)
Foto: Divulgação

Pernambuco proibiu o funcionamento das atividades econômicas consideradas não essenciais das 20h às 5h de segunda a sexta e o fechamento do comércio e praias aos fins de semana. O endurecimento das medidas de isolamento social passa a valer na quarta-feira (3) e segue até 17 de março. 

Também estarão fechados, no período, clubes sociais e parques. Nas praias, será permitida apenas a prática de atividades esportivas individuais. 


Já supermercados, padarias, farmácias, postos de gasolina e serviços de delivery e pontos de coleta dos restaurantes poderão abrir normalmente.

O decreto foi anunciado pelo governador Paulo Câmara (PSB). “Passamos o final de semana monitorando os dados da pandemia. O trabalho continuou nesta segunda-feira e, infelizmente, o cenário só se agravou, mesmo com a abertura de novos leitos de UTI”, informou. 

O gestor acrescentou que a ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs)  chegou a 93%. O Estado ultrapassou os 300 mil casos confirmados de Covid-19 e 11 mil óbitos. 

Nordeste 

No Nordeste, o Ceará e a Bahia também já adotaram medidas mais restritivas para conter o avanço da pandemia de Covid-19. Na última sexta-feira (26), o governador do Estado, Camilo Santana (PT), anunciou a ampliação do toque de recolher e reduziu novamente o funcionamento das atividades consideradas não essenciais.

A circulação de pessoas, que antes era proibida a partir das 22 horas, passa a ser às 20h nos dias da semana e 19h aos sábados e domingos. Já as empresas deverão fechar às 19h. As restrições valem a partir deste sábado (27) até o próximo dia 7 de março. Já governo da Bahia decretou lockdown a partir das 17h desta sexta-feira (26).


Assuntos Relacionados