Ranking de dribladores da Série A com destaques do Ceará

Confira a coluna desta sexta-feira (27) do comentarista Wilton Bezerra

Montagem com foto de atletas de Ceará
Legenda: Mendoza e Erick possuem o drible como um dos principais fundamentos em campo
Foto: divulgação

Erick e Mendonza do Ceará estão entre os 10 melhores dribladores da Série A.

O primeiro é o terceiro e o segundo, o sexto.

Agora, tem o seguinte: o drible é a ginga de corpo sincronizada com o pés.

O drible é coisa de craque. O jogador comum faz a imitação.

O driblador finge que vai dar a bola para o adversário e a recolhe a tempo para o seu domínio.

Isso o Erick do Ceará (apesar de irregulares atuações) sabe fazer.

Tem outra situação tratada como drible que me parece diferente: tocar a bola para pegá-la na frente.

Acho, particularmente, tratar-se mais de uma ação técnica de velocidade.

Isso o Mendoza sabe fazer, pela velocidade que possui.

Ah, não se deve esquecer outro tipo de drible que exige habilidade: o elástico. A bola colada nos pés vai de um lugar ao outro, como um imã.

Arte que Rivelino aprendeu com um descendente de japonês e a praticava com maestria.

Como já escrevi em comentário anterior, o drible perdeu muito terreno para o passe.

Mas, ninguém tira desse comentarista a certeza de que o drible é a mais bela manifestação de arte do futebol.