Histórias do futebol vão sumir

Confira a coluna desta sexta-feira (19) do comentarista Wilton Bezerra

Atletas do Corinthians sorriem para foto durante chegada em hotel
Legenda: Os atletas estão mais afastados da imprensa no futebol moderno
Foto: divulgação / Coritnhians

Jogadores viraram deuses e se transformaram até em empresas.

Só aparecem em fotos, abraçando criancinhas e torcedores, se isso fizer parte do contrato.

Declarações do jornalista Flávio Gomes são reveladoras do momento vivido pelo jornalismo esportivo, quanto à essa situação.

"Repórter não vê treino, não fala com jogador, não entra no vestiário. As boas histórias sumiram e eu aprendi a gostar de futebol por causa das boas histórias".

Sabem por que isso acontece?  Porque os "zelosos" dirigentes e assessores de imprensa não sabem que a vida sem histórias não vale nada.

Os clubes e jogadores fecharam-se em redomas e, daqui a pouco, serão vistos como coisas estranhas.

Com fones de ouvido e de olhos nos celulares, jogadores ignoram o que se passa em volta deles.

Vai ver que na intimidade nem são assim.

Há um evidente exagero nisso tudo.

Há uns cinco anos, a torcida do Barcelona chegou a fazer uma música de protesto contra o distanciamento dos jogadores.

Exigir abraços e apertos de mão dos ídolos é estar por fora desse Mundo estranho.



Assuntos Relacionados