Fortaleza se complica na Copa do Brasil

Leia a coluna desta sexta-feira (29)

Imagem mostra jogadores de futebol
Legenda: Fortaleza foi derrotado pelo Fluminense por 1 a 0.
Foto: Thiago Gadelha/SVM

O Fluminense fez um primeiro tempo dentro do que preconiza o seu treinador Fernando Diniz.

Troca segura de passes nas jogadas de aproximação, velocidade e ataques apoiados, com linhas adiantadas no campo adversário.

Coube ao Fortaleza o esforço para marcar o "ensaboado" Fluminense, na fase inicial. Não conseguiu.

O primeiro gol do time carioca foi uma pintura: Samuel meteu a bola na área, para toque sutil de Arias, corta-luz de Ganso e a finalização de Nonato.

Vojvoda colocou Crispim e Capixaba pelo lado esquerdo levando Lucas Lima mais para o lado direito, adiantando Galhardo e Robson. Não deu liga.

Na segunda etapa, o Fortaleza interrompeu a "farra" do Fluminense e foi para dentro do adversário, a partir da entrada de Moisés, com a sua a jogada de "arrasto".

Com Benevenuto e Capixaba vindos de trás, em jogadas de ruptura, e a ida de Crispim para o lado direito, o Leão ampliou a sua reação, adicionada com a entrada de Romarinho.

O saldo do esforço foi de duas bolas na trave, afora uma chance com Crispim.

O máximo que o Flu conseguiu foi uma finalização com Marrony, que Boeck defendeu.

Só que essa história de "merecia melhor resultado" não consola mais.

Voltar as vistas para o Campeonato Brasileiro é o melhor negócio para o Fortaleza.

Domingo, experimenta o calor de Cuiabá.