Está sendo fácil

Confira a coluna desta quarta-feira (27) do comentarista Wilton Bezerra

Messias comemora gol pelo Ceará
Legenda: O zagueiro Messias marcou o segundo gol do Ceará contra o General Caballero-PAR
Foto: Fausto Filho / CSC

No Paraguai, diante do General Caballero, o Ceará encontrou o mesmo cenário quando enfrentou o La Guaira, na Venezuela: estádio vazio e frágil adversário.

Com domínio absoluto na primeira etapa, o Alvinegro exercitou um hábito que não tem nada de novo: criar oportunidades de gols e não fazê-los.

Vina, Richard, Lima e Erick ficaram, pela ordem, só no cheirinho.

O empate em branco na fase inicial não falou sobre o jogo.

O "abre-te sésamo" foi se dar no segundo tempo, quando o Ceará não teve a aceleração do primeiro tempo.

Erick converteu pênalti sofrido por Geovane, e Messias pegou um escanteio de cabeça e fez o segundo gol para o Ceará.

O General Caballero até que chegou em algumas incursões ao campo alvinegro, sem maiores consequências.

Para o Ceará, a empreitada é vencer os jogos em casa e resolver com quem fica a vaga com o Independiente, em Buenos Aires.

Tá na mão.