Análise: Ceará goleia em campo pela Sula e no planejamento da temporada

Vozão faz 6 a 0 no General Caballero com extrema facilidade com um time reserva e trilha recuperação na Série A com titulares descansados

Legenda: O Ceará goleou o Caballero no Castelão, encaminhando vaga na Sul-Americana
Foto: KID JUNIOR

O calendário do futebol brasileiro é insano, não dá descanso e para superá-lo é preciso planejamento e inteligência. E tudo isso o Ceará teve, pensando em recuperar seus principais jogadores em meio a disputa da Série A, Copa Sul-Americana e Copa do Brasil.

Ao receber o General Caballero pela 5ª rodada da Sul-Americana na quinta-feira (17), o Vozão não pensou duas vezes em poupar seus titulares no Castelão pensando na Série A do Brasileiro.  Afinal, com o elenco desgastado após o empate com o Flamengo no Castelão no último sábado, a prioridade era recuperar os principais titulares para encarar de frente o Santos, no sábado seguinte na Vila Belmiro. A recuperação na Série A é urgente e a situação na Sul-Americana muito confortável.

E escalando um time reserva, mas com muita vontade de vencer, golear e abrir saldo, o Vozão fez 6 a 0 no Caballero, goleando também no planejamento. Afinal, estará forte para o duelo com os santistas e ainda melhorou consideravelmente sua situação na Sula.

Ao abrir 6 pontos de vantagem e um saldo de gols monstruoso, o Vozão coloca pressão do Independiente, que joga na quinta-feira (19), contra o La Guaira, em Avellaneda. Se o Rojo empatar, o Vozão estará classificado com antecedência. E mesmo se o Independiente vencer, o Ceará pode entrar em campo em Avellaneda no dia 25 podendo até perder por um gol de diferença, já que o saldo do Vozão é 14 contra 7 do rival.

 

 

Oportunidade

 

O técnico Dorival Júnior deu a oportunidade para alguns jogadores mostrarem serviço. E quem se destacou? Sem dúvida, o atacante Cléber, com dois gols, bons passes e bolas na trave, foi o destaque da partida. Ele, que é perseguido pela torcida, jogou muito bem e deu uma resposta a quem o persegue.

 

Legenda: Cléber foi um dos destaques do Ceará com dois gols marcados
Foto: KID JUNIOR

 

Outro que não tem muito "crédito" com o torcedor, Wescley, marcou o primeiro gol e também fez boa partida.

Dois outros destaques foram Richardson e Nino Paraíba. Ambos tem potencial para serem titulares e fizeram boa partida. O volante distribuindo muito bem o jogo com passes, e Nino muito ativo no apoio.

Marcos Victor e Luiz Otávio não tiveram tanto trabalho, e o jovem fez outra boa partida.

Dentinho e Yuri Castilho tentaram criar jogadas, não conseguiram marcar gols e devem ter mais oportunidades.

Já Zé Roberto, mesmo entrando na etapa final deixou o dele e pode ser importante para a confiança do atacante.

Quanto ao planejamento do técnico Dorival Junior, foi perfeito, e ainda mostrou ambição ao lançar Mendoza - autor de dois gols - e Lima em campo para construir a goleada.