Fábrica de aviões deve ser instalada em Sobral com investimento de R$ 50 milhões

Negociações para o projeto avançaram, mas ainda há etapas a serem cumpridas

Legenda: Aeronave Cygnus, produzida pela Octans
Foto: Divulgação

Em negociações nos últimos meses, o investimento para instalação de uma fábrica de aviões de pequeno porte da Octans Aircraft encontrou uma sede no Ceará. Caso o empreendimento se concretize, a indústria ficará em Sobral.

A cidade da zona norte do Estado tomou a dianteira em relação a Eusébio e Aracati, que chegaram a ser aventados como possíveis locais para a montadora.

De acordo com o secretário do Desenvolvimento Econômico (Sedet), Maia Júnior, a planta, que terá um aporte em torno de R$ 50 milhões, ficará no Aeroporto de Sobral.

Parceria com a Adece

Ele antecipa ainda que o projeto terá participação societária da Adece (Agência de Desenvolvimento do Ceará). O tamanho dessa participação, no entanto, ainda não foi definido.

"Agora vai se fazer o que no mercado a gente desenvolve no caso de um projeto em sociedade, que é o valuation, para se definir as participações societárias, as participações dos acionistas. Esses contratos têm que gerar as garantias necessárias", afirma Maia.

O prosseguimento das providências, diz, foi aprovado em reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico, ligado à Sedet, na última reunião de 2021, em 28 de dezembro.

"Acredito que ele (projeto) ainda deve, depois de construída essa fase econômica, financeira e jurídica do processo, voltar para confirmação do Conselho, que é o nosso último dever de casa", detalha.

Superadas estas etapas, o empreendimento deve seguir para implantação.

Legenda: O novo Aeroporto Regional de Sobral vai contar com pista de pouso e decolagem de 1.800m x 30m, com capacidade para receber aeronaves de porte médio
Foto: Divulgação/Seinfra

A Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) também participa das negociações com a empresa, que possui hoje uma fábrica em São Paulo.

A informação das tratativas para prospectar a fábrica ao Ceará foi noticiada em primeira mão pelo Diário do Nordeste, em setembro.

Empresa já entregou 240 aeronaves

A Octans Aircraft foi fundada em 2002 sob o nome de Inpaer. A fabricante atua em todas as fases, desde a elaboração do projeto até sua montagem final e entrega para os clientes.

Em 2017, a marca mudou para Octans Aircraft seguindo a estratégia de globalização da empresa, que demandou investimento de R$ 80 milhões entre 2013 e 2019. A empresa já realizou a entrega de cerca de 240 aeronaves.

No site da companhia, o modelo disponível para compra é o Cygnus, um monomotor de pequeno porte com cinco lugares e certificação iBR 2020 emitida pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A plataforma ainda indica parcerias com empresas como Eringer, Siemens e F/List na Europa e Hartzell, Garmin, AmSafe e Lycoming nos Estados Unidos.



Assuntos Relacionados