Exclusivo: Gerdau investirá R$ 400 milhões em indústria no Ceará

Modernização da unidade em Maracanaú vai gerar 400 empregos na construção e 500 durante a operação

Foto: Divulgação

A Gerdau, gigante da siderurgia, investirá R$ 400 milhões em uma robusta expansão e modernização de sua indústria, localizada em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

A informação foi obtida em primeira mão por esta Coluna. O anúncio oficial deverá ser feito posteriormente.

Veja também

Pedro Torres, diretor de Comunicação e RI da Gerdau
Legenda: Pedro Torres, diretor de Comunicação e RI da Gerdau
Foto: Divulgação

Segundo Pedro Torres, diretor de Relações Institucionais da Gerdau, com o aporte, o Ceará passará a ser a principal praça da empresa no Norte e Nordeste, funcionando como um ponto estratégico para os planos de longo prazo da siderúrgica.

As obras devem começar em janeiro de 2025. Até lá, serão feitos estudos e análises de engenharia. A indústria deve retomar as operações em 2026.

Durante a construção, a expectativa é que sejam gerados 400 empregos. Já na operação da indústria, são previstos 500 colaboradores.

Torres adiantou a esta Coluna que a Gerdau está analisando o que ocorrerá com os trabalhadores atuais da planta, que não poderão seguir durante o período de hibernação da fábrica.

Uma das opções será recolocar uma parte do quadro de funcionários em outras plantas da empresa. Aos profissionais que vierem a ser desligados, a companhia deixa em aberto a recontratação quando a unidade voltar às operações, daqui a um ano e meio.

Articulação de Elmano

O executivo afirma que o investimento só será viável porque o Governo Federal se sensibilizou com o setor e taxou o aço chinês importado em 25%.

“O governador Elmano de Freitas foi um importante articulador dessa pauta”, disse Torres. De acordo com ele, Elmano foi uma peça-chave para sensibilizar o Planalto sobre a questão, que poderia impactar a geração de empregos e renda.

A Gerdau possui outra usina no Ceará, a Silat, que fica em Caucaia. Esta planta segue com funcionamento normal.

"O Estado do Ceará desde 2023 teve saldo positivo de mais de 64 mil empregos. Hoje, o CAGED soltou um dado com mais de 6 mil empregos no Estado do Ceará, o segundo melhor resultado do Nordeste. E é isso que nós queremos, cada vez mais essa parceria com o setor privado", declarou Elmano nas redes sociais.

Em todo o Brasil, a Gerdau está planejando investir R$ 7,5 bilhões, o que deverá gerar mais de 5 mil empregos.



Assuntos Relacionados