Pecém teve em 2021 maior lucro de sua história: R$ 69 milhões

O Lucro Operacional da CIPP S/A, que administra o Complexo Industrial e Portuário do Pecém e a ZPE-Ceará, bateu em R$ 265 milhões. A movimentação de carga foi recorde.

Legenda: Porto do Pecém poderá ser repassado à iniciativa privada em um futuro distante
Foto: Diário do Nordeste / Caros Marlon

Festa na CIPP S/A, empresa que administra o Complexo Industrial e Portuário do Pecém e a ZPE-Ceará: no exercício de 2021, ela obteve um lucro líquido de 69 milhões, 121% a mais do que o obtido no exercício de 2020.


 
Foi o maior resultado financeiro da história da CIPP S/A, informou a esta coluna seu presidente, Danilo Serpa, que ontem viajou para São Paulo para uma série de reuniões com grandes clientes do Porto do Pecém.

Deve ser lembrado que o Porto de Roterdã, na Holanda o maior da Europa, é dono de 30% do capital da CIPP S/A, e essa sociedade tem contribuído para a performance do Porto cearense e da empresa que o administra.
 
O Ebtida, que é o indicador financeiro utilizado para medir o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, chegou à marca de R$ 120,5 milhões, alcançando a margem de 54%. Os analistas indicam que quanto maior o percentual do Ebtida, maior é a eficiência financeira da empresa. A Receita Operacional Bruta da CIPP S/A fechou 2021 no patamar de R$ 265 milhões, um incremento de 47% em relação ao exercício anterior de 2020. 

Houve, no ano passado, o recorde da movimentação da carga de importação e exportação. Foram movimentadas 22,4 milhões de toneladas de mercadorias. 

Essa performance foi puxada pelo expressivo aumento na movimentação de granéis líquidos, com a retomada da operação de transbordo de combustíveis (ship-to-ship), o que não era realizado no Ceará desde 2014

O secretário do Desenvolvimento Econômico do Governo do Ceará, Maia Júnior, impressionou-se com o nível de eficiência da CIPP demonstrado pelo seu Ebtida, cujos valores estão em nível do das grandes empresas do setor de infraestrutura. 

"Estão todos do Pecém de parabéns e eu, como representante do controlador (o Governo do Estado), estou muito feliz. Há outro dado interessante: ainda não temos os números da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), mas Pecém pode ter ultrapassado a movimentação de carga do Porto de Suape no ano passado" (PE), disse Maia Júnior.