Evangelho de hoje, sábado, 14/05 (Jo 15, 9-17)

Jesus disse aos seus discípulos: "Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei."

Legenda: O Espírito Santo é o nosso motivador e quem faz produzir amor no nosso coração
Foto: Divulgação

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Como meu Pai me amou, assim também eu vos amei. Permanecei no meu amor. Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu guardei os mandamentos do meu Pai e permaneço no seu amor. Eu eu vos disse isto, para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja plena. Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem amor maior do que aquele que dá sua vida pelos amigos. Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, pois o servo não sabe o que faz o seu senhor. Eu vos chamo amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi de meu Pai. Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi e vos designei para irdes e para que produzais fruto e o vosso fruto permaneça. O que então pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo concederá. Isto é o que vos ordeno: amai-vos uns aos outros. 

Reflexão – O Espírito Santo é quem faz produzir amor no nosso coração

Jesus neste Evangelho declara com todas as letras o Seu grande amor por cada um de nós e nivela este amor com o amor que Ele próprio recebe do Pai. “Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu guardei os mandamentos do meu Pai e permaneço no seu amor”. Viver com amor e alegria os mandamentos do Senhor é o sinal de que permanecemos no Seu Amor e podemos produzir fruto de amor. Os mandamentos são como a receita que o Pai nos dá para que tenhamos uma vida feliz e profícua. Deste modo, nós nunca poderemos nos justificar afirmando que não produzimos fruto de amor porque não temos amor em nós. O Espírito Santo é o nosso motivador e quem faz produzir amor no nosso coração. É Ele também o Amor com que o Pai nos ama. Se permanecermos no poder do Espírito Santo, permaneceremos no amor de Deus e cumpriremos os Seus mandamentos.  O Senhor nos dá tudo de que precisamos para que possamos produzir fruto de amor. Às vezes pensamos que fizemos opção quando escolhemos amar a Deus, no entanto, não fomos nós que escolhemos a Deus, mas somos Seus escolhidos (as) para produzir frutos que permaneçam. Se deixarmos de olhar para as pessoas e conseguirmos acolher o infinito amor do Pai, por meio de Jesus Cristo e manifestado pelo poder do Espírito, todos nós daremos frutos abundantes de amor, de justiça e de perdão e poderemos testemunhar para o mundo a esperança de uma vida nova. – Você tem apreendido o Amor de Jesus? - Você tem produzidos frutos que permaneçam? – quais os frutos que você tem produzido dentro da sua casa: - alegria, compreensão, perdão, harmonia? – A seu ver quais os frutos que precisam ser semeados no mundo, hoje?    – Você é servo (a) ou amigo (a) de Jesus? – Você tem Jesus como seu amigo ou acha que Ele está distante de você?  
 
Helena Colares Serpa – Comunidade Católica Missionária UM NOVO CAMINHO