Evangelho de hoje (Lc 21,1-4)

Jesus disse: "A viúva, na sua pobreza, ofertou tudo quanto tinha para viver".

Legenda: A pobre viúva fez a melhor oferta: ela deu tudo de que possuía para viver
Foto: Divulgação

Naquele tempo, Jesus ergueu os olhos e viu pessoas ricas depositando ofertas no tesouro do Templo. Viu também uma pobre viúva que depositou duas pequenas moedas.  Diante disto, ele disse: 'Em verdade vos digo que essa pobre viúva ofertou mais do que todos. Pois todos eles depositaram, como oferta feita a Deus, aquilo que lhes sobrava. Mas a viúva, na sua pobreza, ofertou tudo quanto tinha para viver.'  

Reflexão – “A oferta da viúva”


   
A lei natural que nos é apresentada pelo mundo nos orienta fazer oferta de acordo com o que possuímos, deixando, pois, a maior reserva para o nosso sustento. Então, quem tem muito, terá condições de fazer uma oferta maior, e quem tiver pouco, poderá fazer uma pequena doação. Isto é natural e faz parte da nossa vivência! Por isso, Jesus ficou impressionado com a oferta da viúva do Evangelho, pois, ela depositou no altar do Senhor as duas únicas moedas que possuía e, consequentemente, tudo o que lhe restava. Com este gesto aquela viúva colocou nas mãos do Senhor a sua vida e o seu sustento! Partindo do cenário que Jesus nos apresenta todos nós podemos fazer uma reflexão sobre o que estamos depositando diante de Deus como oferta. Poderemos, então, chegar à conclusão de que Deus, Criador de todas as coisas do universo é dono de tudo, mas ainda não tem a posse do nosso coração, mesmo sendo Ele o Autor da nossa alma e do nosso ser. Perceberemos, também, que temos oferecido apenas migalhas e sovinamos o que de mais precioso possuímos que é o dom da nossa liberdade. Somos escravos (as) de nós mesmos (as) e teimamos em querer nos apossar das coisas que são inerentes ao nosso ser, mas que se constituem um entrave para que Deus seja realmente o dono das nossas duas moedas ou do nosso tesouro. Colocamos nas mãos do Senhor somente aquilo que nos sobra materialmente, e espiritualmente, só entregamos a Ele as áreas da nossa vida das quais nós já havíamos conseguido nos desprender. Há coisas, porém, que nem pensamos nem admitimos colocar nas mãos do Senhor, como o nosso comodismo, a nossa vontade própria, as nossas escolhas de vida e as coisas que nos dão prazer. A viúva em questão, não tinha nada, mas entregou tudo a Deus! E nós, que temos tudo, será que estamos oferecendo a Ele quase nada, apenas o que nos sobra?   - O que você tem colocado no altar do Senhor como oferta? – Você consegue se desprender de algo para ofertar ao Senhor um sacrifício perfeito? 
- Como você acha que pode oferecer a Deus a sua vida? - Quais as áreas do seu ser que você tem deixado o Senhor governar? - Você tem deixado Jesus arrumar todos os aposentos do seu coração? – E na parte material, o que você tem sovinado de Deus e que poderia ser Dele? - Existe alguma coisa que você tem negado a Deus?  

Helena Colares Serpa – Comunidade Católica Missionária UM NOVO CAMINHO