Amílcar Silveira é o novo presidente da Federação da Agricultura

Presidente do Sindicato Rural de Quixadá, Amilcar teve 33 dos 56 votos apurados. Há 3 meses, sua vitória era considerada muito difícil. Ele promete uma mudança radical na gestão da Faec.

Legenda: Amílcar Silveira, presidente do Sindicto Rural de Quixadá, é o novo presidente da Faec
Foto: Divulgação

Vai mudar a diretoria da Federação da Agricultura do Ceará (Faec). Seu novo presidente, eleito na tarde desta terça-feira, é o agropecuarista Amílcar Silveira, presidente do Sindicato Rural de Quixadá.

A Chapa 1, encabeçada por ele – denominada Chapa Flávio Sabóya, em homenagem ao saudoso ex-presidente da Faec – conquistou 33 dos 53 votos apurados.
 
A Chapa 2, que tinha como líder o presidente do Sindicato Rural de Cascavel, Paulo Hélder, teve 23 votos.

Hélder dirigiu o Serviço Nacional de Aprendizado Riral (Senar-Ceará) no primeiro mandato de Flávio Sabóya.

O recém-eleito presidente da Faec promete fazer uma radical mudança no estilo de gestão da entidade, que, nos últimos anos, perdeu prestígio junto ao empresariado da agropecuária cearense.

Amílcar Silveira obteve uma vitória que, há três meses, era considerada muito difícil. Ele conquistou prestígio junto aos grandes e médios pecuaristas dos setores bovino, caprino e equino e, também, junto aos pequenos e médios agricultores, tendo fundado e liderado o Eproce – Encontro de Produtores Rurais do Ceará, um grupo de mais de 100 produtores que, todas as sextas-feiras, se reunia num restaurante da cidade para debater seus problemas.

A Faec tem um grande orçamento, que, bem administrado, poderá transformar a atividade dos pequenos, médios e grandes produtores rurais, principalmente por meio dos cursos técnicos do Senar, que precisarão de ser remodelados, atualizados, reduzidos em quantidade e melhorados em qualidade.