Com quase 60 gols na temporada, Fortaleza tem disputa acirrada por artilharia; veja números

David, Robson e Wellington Paulista são os principais goleadores até aqui. Ao todo, 17 jogadores do Tricolor já balançaram as redes adversárias

Atacantes do Fortaleza comemoram gol. Yago Pikachu, Robson e David
Legenda: David, Robson e Yago Pikachu são alguns dos principais goleadores do Fortaleza na temporada
Foto: Thiago Gadelha/SVM

A vitória por 3 a 2 sobre a Chapecoense, na última quarta-feira (30), foi importantíssima para o Fortaleza no Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Leão do Pici chegou aos 15 pontos na tabela e permanece na 4ª colocação. Na ocasião, o Tricolor mostrou poderio ofenivo, que tem sido um ponto forte da equipe na temporada. Até aqui, já foram 56 gols marcados.

Deste total, 26 gols foram anotados no Campeonato Cearense, 13 na Série A do Campeonato Brasileiro, 11 na Copa do Nordeste e seis na Copa do Brasil.

Somando todas as competições, o Fortaleza entrou em campo 31 vezes, o que dá uma média de quase dois gols por partida (precisamente 1,8). Número bem positivo.

Disputa de artilheiros

David comemora gol marcado pelo Fortaleza
Legenda: David marcou contra a Chapecoense e se isolou na artilharia do Fortaleza nesta temporada
Foto: Thiago Gadelha/SVM

Um aspecto positivo é que o Tricolor tem os gols bem divididos. Ao todo, 17 atletas já balançaram as redes adversárias. Com exceção dos goleiros, jogadores de todas as posições já marcaram, incluindo atacantes, meias, volantes, zagueiros e laterais.

Mas a disputa da artilharia fica com os atacantes, como era de se esperar. David é o principal goleador até agora, com nove gols marcados. Robson e Wellington Paulista estão na cola e parecem logo em seguida, com oito gols cada. Yago Pikachu, que já balançou as redes adversárias seis vezes, é outro destaque, sendo o artilheiro do time na Série A, com quatro gols.

Lucas Crispim (4), Romarinho e Luiz Henrique (ambos com 3) estão um pouco atrás nesta disputa. Completam a lista Ederson, Bruno Melo e Matheus Jussa (cada um com dois gols), e Osvaldo, Felipe, Isaque, Coutinho, Ronald, Titi e Wanderson (todos eles anotaram um gol).

Certo é que, no que depender do técnico Juan Pablo Vojvoda, o estilo ofensivo seguirá rendendo muitos gols ao Tricolor até o fim da temporada.