Chegada de Zé Roberto não inviabiliza contratação de outro 'camisa 9' no Ceará; Romero fica distante

Alvinegro segue no mercado em busca de outro centroavante, mas Sílvio Romero fica mais longe

Silvio Romero em ação pelo Independiente, da Argentina
Legenda: O atacante Silvio Romeroera é o principal destaque ofensivo e capitão do Independiente, da Argentina
Foto: Juan Mabromata / AFP

A posição que o torcedor do Ceará mais aguarda reforços para 2022 é, sem dúvidas, de centroavante. Na tarde desta quarta-feira (12), o Vovô anunciou a contratação do atacante Zé Roberto, que chega para ser opção para o setor. Importante: a vinda dele não inviabiliza a chegada de outro 'camisa 9'.

O clube segue no mercado e buscando a contratação de outro atacante que possa chegar com "maior peso" e status de titular.

Esta contratação ainda será feita e é um nome que a diretoria alvinegra não quer "apostar", mas sim trazer um nome de qualidade e que possa resolver. Por isso há maior cautela. A procura, porém, tem sido muito difícil.

Romero mais longe

Silvio Romero em ação pelo Independiente
Legenda: Silvio Romero era o artilheiro do Independiente
Foto: Divulgação

Sílvio Romero era a bola da vez, mas a negociação está em stand by. A questão financeira está sendo um empecilho. O jogador está pedindo 1,2 milhão de dólares por ano livre de impostos (cerca de R$ 6,7 milhões por temporada) e contrato de três anos. Daria cerca de R$ 800 mil por mês, algo fora da realidade do Alvinegro.

O representante do argentino afirma que ele tem ainda outras propostas do exterior. Catar e Estados Unidos são destinos possíveis.

Internamente, no Ceará, a contratação do centroavante de 33 anos já é vista como muito complicada e ficou  mais distante, a menos que os rumos mudem rapidamente.

Enquanto isso, o Alvinegro garantiu Zé Roberto e segue no mercado em busca de outros nomes.