Empresas do Ceará na Bolsa alcançam R$ 113,5 bilhões em valor de mercado e superam 60% do PIB

Pessoa observar números da Bolsa de Valores
Legenda: O valor de mercado de uma empresa é importante parâmetro para dimensionar o tamanho de uma companhia
Foto: AFP

O sistema financeiro tem importante missão no desenvolvimento econômico. Apesar das críticas sobre as atividades financeiras, um ambiente econômico saudável não pode prescindir de instrumentos financeiros, como o crédito e o mercado de capitais.

No Ceará, a dinâmica do sistema financeiro é bastante promissora. A evolução do interesse dos investidores cearenses no mercado de capitais, por exemplo, em que o Ceará ultrapassa Bahia e assume 1º lugar do Nordeste em investimentos na Bolsa de Valores representa, em grande medida, este novo momento das finanças no nosso Estado.

Em outro vetor de crescimento, que reforça a tendência positiva do sistema financeiro local, o número de empresas cearenses negociadas na bolsa de valores não para de subir.

A chegada da Brisanet ao mundo da renda variável faz com que tenhamos nove companhias em solo cearense, de acordo com os critérios do Índice de Ações Cearense – IAC, desenvolvido pelo Curso de Economia da Unifor. Outras empresas locais devem entrar em breve na Bolsa de Valores.

Valor de mercado e o PIB

O valor de mercado de uma empresa, obtido pela multiplicação do preço da ação negociado na bolsa e o número de ações da referida empresa, é importante parâmetro para dimensionar o tamanho de uma companhia.

Na última sexta-feira (27), no encerramento do pregão, as empresas cearenses que fazem parte do Índice de Ações Cearense – IAC, que são Aeris, Arco Educação (*), Banco do Nordeste, Brisanet, Enel Ceará (Coelce), Grendene, Hapvida, M. Dias Branco e Pague Menos, de forma conjunta, alcançaram o valor de mercado de R$ 113,5 bilhões.

Com este resultado, o valor de mercado das empresas cearenses na bolsa representa 60,3% do Produto Interno Bruto – PIB estimado pelo Ipece para 2021, que é de R$ 188,3 bilhões. É valido salientar que estas empresas não detêm participação empresarial de 60% no Estado, haja vista que as companhias possuem operações também em outros estados e países.

Índice de Ações Cearense - IAC

O IAC permite acompanhar as empresas cearenses nas bolsas de valores (B3 e Nasdaq), além de comparar as rentabilidades com os demais índices do mercado financeiro (Ibovespa, CDI, S&P500, Dólar, etc.). Para conhecer mais sobre o IAC, acesse a página www.unifor.br/nupe.

Grande abraço e até a próxima semana!

(*) A Arco Educação, apesar de ser ativo negociado nos Estados Unidos, é considerada empresa cearense pelo Índice de Ações Cearense – IAC, em razão das suas atividades serem originadas do Ceará.