Fortaleza fez atuação que podia contra o Flamengo; derrota é sentida pelas situações do jogo

Time foi derrotado no Maracanã por 2 a 1 neste sábado (5)

Legenda: Fortaleza teve boa atuação contra o Flamengo no Maracanã
Foto: Bruno Oliveira / Fortaleza

Uma derrota para o Flamengo não é um resultado péssimo, pontuar contra é feito imenso diante do grande elenco rubro-negro. Por isso, o revés por 2 a 1 do Fortaleza está escrito no roteiro do clube durante a Série A do Brasileiro. O dilema são as condições: o Leão fez uma boa partida, o sentimento é de frustração pelo gol sofrido aos 41 do 2º tempo.

De fato, Rogério Ceni escolheu lançar um time alternativo no Maracanã: decisão muito acertada para descansar o elenco. Sofreu um gol logo nos primeiros minutos, o que para muitos seria o início de uma goleada. Mas o Leão foi valente, apresentou coragem, muita entrega defensiva e 'vendeu caro' o resultado adverso.

Ouça o FortalezaCast

Powered by RedCircle

É preciso, sim, exaltar a atuação tricolor. Sem dominar as ações da partida, manteve o esquema 4-2-4, a organização ofensiva com a posse e foi até mais objetivo do que em duelos passados: o time trocou passes com mais agilidade para tentar agredir o adversário.

Um ponto importante é a leitura da estratégia rival. O objetivo era deixar Osvaldo no 1x1 com Isla, e isso foi executado em diversos momentos, explorando as costas do lateral. O volante Ronald, estreante como titular, teve atuação destacada no meio-campo, assim como Carlinhos, importante na compactação defensiva contra Arrascaeta e Michael.

Por isso, o saldo existe. O Fortaleza fez o jogo que podia e devia fazer: mais fechado e acionando a velocidade. A ousadia é tanta que Ceni até colocou Wellington Paulista aos 30 do 1º tempo para vencer o jogo. Romarinho também entrou, além de Frangapane e Vázquez, com o time enfrentando 10 contra 11 devido lesão de Pedro Rocha no fim.

São cenários em que a atuação existe, mas a pontuação não: o Leão deve aprender a vencer os gigantes nacionais fora de casa. Agora é somar contra o Sport, na quarta-feira (9), às 19h, na Arena Castelão.