Filha de Hédla Lopes, cearense é vice-campeã em Mundial Militar de Triathlon, na Suécia

Vittória Lopes segue os passos da mãe, construindo uma carreira de e bons resultados

A cearense de 22 anos Vittória Lopes, filha da atleta renomada Hedla Lopes, foi vice-campeã no Campeonato Mundial Militar de Triathlon, no último dia 17 de junho, que aconteceu na cidade de Lidkoping, na Suécia. 
 
Vittória, que é 3º sargento da aeronáutica, conseguiu o segundo melhor tempo da competição individual, terminando a prova em 2h08min42seg. Perdeu apenas para a russa Helena Danilova, por 2 segundos, já que a campeã obteve 2h08min40seg. 
 
Para subir no pódio, a cearense cumpriu uma prova olímpica, contando com 1,5km de natação, 40km de ciclismo e 10km de corrida
 
"Foi muito bom ser vice-campeã mundial numa prova de alto nível e é sempre muito bom representar o meu País num campeonato de extrema importância para as forças armadas e eu estou bem feliz", afirma Vittória.  
 
Além desse campeonato, Vittória tem em seu currículo outras experiências. Foi campeã dos Jogos Sulamericanos por equipe, na Alemanha, campeã panamericana no Equador, e campeã brasileira no Décimo Mundial, que aconteceu em Manaus, em 2017, entre outros.
 
Resultados de família
 
Todo esse sucesso de Vittória nas competições parecer ser de família, já que a mãe, Hedla Lopes foi campeã olímpica master na Dinamarca em 1989, tricampeã da travessia do Rio Negro em 1977 e tem uma marca histórica, tendo sido a primeira mulher do Norte e Nordestes a competir nos jogos Panamericanos de 1975, no México. 
 
"Minha mãe sempre me influenciou. Sempre a vi fazendo esporte. Comecei na natação, fiquei até os 17 anos e depois resolvi migrar pelo triatlon e com certeza minha mãe foi uma grande influenciadora. Hoje sou apaixonada pelo esporte", afirma Vittória. 
 
Já a mãe revela que se sente contemplada em ter a filha no esporte. "Eu fico muito feliz porque ela está seguindo a mesma carreira. Me sinto realizada e abençoada porque o esporte ajuda na educação dela. A Vittoria dentro do esporte só facilita em ter disclipina, força e objetivo na vida", pontua a mãe. 
 
Hédla atualmente tem foco no Ironman. Neste ano, ela venceu a competição brasileira que aconteceu em Florianópolis, na categoria de 60 anos, e se classificou para a etapa de campeões que acontece em outubro, no Havaí. "Virou uma paixão para mim e eu estou me especializando cada vez mais no Ironman, inclusive já participei de 23 competições. Teve um ano que eu fiz três Ironman", revela Hédla, que concilia os treinos com a escola de natação que possui em Fortaleza. 
Quero receber conteúdos exclusivos de esporte